Wall Street esquece guerra comercial. Emprego dá ânimo

Os dados do emprego, divulgados esta sexta-feira, ficaram acima das expectativas. Em Wall Street, os investidores celebraram. Os índices subiram quase 2%.

As bolsas norte-americanas fecharam a semana em alta, com o Nasdaq a somar a sexta sessão consecutiva de ganhos e o Dow Jones a voltar a superar a fasquia dos 25 mil pontos. Os investidores estiveram nervosos ao longo desta semana, com as incertezas em torno da guerra comercial lançada por Donald Trump, mas o anúncio em detalhe de como serão aplicadas as taxas sobre aço e alumínio importados, bem como os dados do emprego acima das expectativas divulgados esta sexta-feira, acalmaram os ânimos em Wall Street.

O índice de referência S&P 500 subiu 1,72%, para os 2.786,20 pontos. Já o industrial Dow Jones avançou 1,76%, para os 25.332,68 pontos, enquanto o tecnológico Nasdaq valorizou 1,76% para terminar o dia nos 7.558,82 pontos.

A contribuir para este movimento estiveram as estatísticas divulgadas esta sexta-feira. As autoridades norte-americanas reportaram a criação de 313 mil postos de trabalho no mês de fevereiro, o maior aumento no espaço de um ano e meio. Este número superou as expectativas dos economistas.

Já a taxa de desemprego manteve-se inalterada nos 4,1%, o que fica a dever-se ao facto de a taxa de emprego ter aumentado para 63%. Em sentido contrário, o aumento dos salários está a abrandar, com uma subida de 2,6% em fevereiro, inferior à subida de 2,8% registada no mês anterior.

A acompanhar a sessão positiva estiveram as matérias-primas. O West Texas Intermediate (WTI), cotado em Nova Iorque, disparou mais de 3% e já negoceia acima dos 62 dólares por barril, invertendo as quebras registadas nos primeiros dias desta semana. Isto numa altura em que os investidores veem com bons olhos uma possível reunião entre Donald Trump e o líder da Coreia do Norte, que, a acontecer, poderá retirar algum risco geopolítico do mercado.

Também o dólar registou uma sessão positiva. A moeda norte-americana valorizou apenas 0,02%, mas chegou a avançar 0,15% durante a sessão. O euro está a valer 1,23 dólares, mas tocou nos 1,22 dólares durante a tarde.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Wall Street esquece guerra comercial. Emprego dá ânimo

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião