Ministro alemão nos EUA para alertar sobre “guerra comercial” nas tarifas do aço

  • Lusa
  • 18 Março 2018

Peter Altmaier vai a Washington passar a mensagem de que as tarifas americanas sobre o aço e alumínio europeus podem abrir uma guerra comercial entre a Europa e os Estados Unidos.

O ministro da economia alemão, Peter Altmaier, disse este domingo que vai a Washington passar a mensagem de que as tarifas americanas sobre o aço e alumínio europeus podem abrir uma guerra comercial entre a Europa e os Estados Unidos.

Antes de partir para Washington, este domingo o ministro da Economia do governo de Angela Merkel disse à televisão ARD que queria evitar uma “espiral” de medidas e contramedidas.

“Não quero que se desenvolva uma guerra comercial entre a Europa e os Estados Unidos”, afirmou Peter Altmaier, citado pela AP.

A União Europeia (UE) publicou já uma lista de produtos americanos que planeia tributar, caso não estejam isentos das tarifas anunciadas pelo Presidente norte-americano, Donald Trump.

A UE disse que segue práticas de comércio justo e que o problema é a superprodução da China.

Altmaier afirmou que a Alemanha e os Estados Unidos devem ser capazes de produzir aço de forma competitiva, sem que outros o vendam em “preços de dumping [inferiores ao preço do mercado]”.

Donald Trump vai impor taxas de 25% às importações de aço nos Estados Unidos e de 10% às de alumínio, ignorando sucessivos avisos dos seus aliados. As tarifas devem entrar em vigor em 23 de março, exceto para o Canadá e México.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Ministro alemão nos EUA para alertar sobre “guerra comercial” nas tarifas do aço

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião