Facebook diz-se “escandalizado por ter sido enganado” pela Cambridge Analytica

  • Lusa
  • 20 Março 2018

O Facebook declarou-se “escandalizado por ter sido enganado” com o uso da informação pessoal dos seus utilizadores pela Cambridge Analytica.

O Facebook declarou-se hoje “escandalizado por ter sido enganado” com o uso da informação pessoal dos seus utilizadores pela Cambridge Analytica e assegurou que “compreende a gravidade do problema”. Em comunicado, o Facebook exprimiu a sua determinação em “aplicar vigorosamente as (suas) políticas de proteção das informações privadas” e “tomar todas as medidas possíveis para que isso seja efetivo”.

Na terça e na quarta-feira, a presença do presidente da Facebook, Mark Zuckerberg, foi requerida no Senado dos EUA, no Parlamento Europeu e no parlamento britânico.

Estes pedidos decorrem de informações reveladas pelos diários norte-americano The New York Times e britânico The Guardian sobre a apropriação indevida com fins políticos de informação pessoal de 50 milhões de utilizadores da rede social Facebook.

O The Guardian especificou que em causa está a empresa Cambridge Analytica, que trabalhou designadamente com a campanha eleitoral de Donald Trump, nas eleições presidenciais norte-americanas, e a da saída do Reino Unido da União Europeia, que usou a informação recolhida para construir um “poderoso programa informático para prever e influenciar as escolhas dos eleitores”.

Contribua. A sua contribuição faz a diferença

Precisamos de si, caro leitor, e nunca precisamos tanto como hoje para cumprir a nossa missão. Que nos visite. Que leia as nossas notícias, que partilhe e comente, que sugira, que critique quando for caso disso. A contribuição dos leitores é essencial para preservar o maior dos valores, a independência, sem a qual não existe jornalismo livre, que escrutine, que informe, que seja útil.

A queda abrupta das receitas de publicidade por causa da pandemia do novo coronavírus e das suas consequências económicas torna a nossa capacidade de investimento em jornalismo de qualidade ainda mais exigente.

É por isso que vamos precisar também de si, caro leitor, para garantir que o ECO é económica e financeiramente sustentável e independente, condições para continuar a fazer jornalismo rigoroso, credível, útil à sua decisão.

De que forma? Contribua, e integre a Comunidade ECO. A sua contribuição faz a diferença,

Ao contribuir, está a apoiar o ECO e o jornalismo económico.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

Facebook diz-se “escandalizado por ter sido enganado” pela Cambridge Analytica

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião