EDP Brasil lança oferta para comprar até 33,6% da Celesc

  • Lusa
  • 27 Março 2018

A EDP Brasil afirma que, caso a oferta atinja “todo o seu potencial”, passará a deter uma participação de 33,6% do capital da CELESC, “reforçando o seu foco nas redes reguladas”.

A EDP Brasil, detida em 51% pela EDP, lançou uma Oferta Pública de Aquisição (OPA) até 32% da Centrais Elétricas de Santa Catarina (CELESC), segundo foi comunicado esta terça-feira ao mercado.

“A EDP – Energias do Brasil (EDPB) anunciou hoje ao mercado que […] publicou na presente data o edital com os termos e condições da oferta pública voluntária para aquisição até 32% das ações preferenciais da CELESC, […] correspondendo a oferta a um montante total potencial de 199 milhões de reais [mais de 48 milhões de euros]”, disse a energética, num comunicado enviado à Comissão do Mercado dos Valores Mobiliários (CMVM).

A EDPB adianta ainda que, caso a oferta atinja “todo o seu potencial”, passará a deter uma participação de 33,6% do capital da CELESC, “reforçando o seu foco nas redes reguladas”, nos segmentos de distribuição e transmissão.

A CELESC tem atividade nas áreas de distribuição, geração e transmissão de energia elétrica, sendo a principal empresa do setor elétrico no Estado de Santa Catarina, além de operar no setor de distribuição de gás natural.

Quanto vale uma notícia? Contribua para o jornalismo económico independente

Quanto vale uma notícia para si? E várias? O ECO foi citado em meios internacionais como o New York Times e a Reuters por causa da notícia da suspensão de António Mexia e João Manso Neto na EDP, mas também foi o ECO a revelar a demissão de Mário Centeno e o acordo entre o Governo e os privados na TAP. E foi no ECO que leu, em primeira mão, a proposta de plano de recuperação económica de António Costa Silva.

O jornalismo faz-se, em primeiro lugar, de notícias. Isso exige investimento de capital dos acionistas, investimento comercial dos anunciantes, mas também de si, caro leitor. A sua contribuição individual é relevante.

De que forma pode contribuir para a sustentabilidade do ECO? Na homepage do ECO, em desktop, tem um botão de acesso à página de contribuições no canto superior direito. Se aceder ao site em mobile, abra a 'bolacha' e tem acesso imediato ao botão 'Contribua'. Ou no fim de cada notícia tem uma caixa com os passos a seguir. Contribuições de 5€, 10€, 20€ ou 50€ ou um valor à sua escolha a partir de 100 euros. É seguro, é simples e é rápido. A sua contribuição é bem-vinda.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

EDP Brasil lança oferta para comprar até 33,6% da Celesc

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião