Lone Star escolhe braço direito de Horta Osório para o Novo Banco

  • Rita Atalaia
  • 2 Abril 2018

Carla Antunes da Silva foi nomeada para o conselho geral e de supervisão do Novo Banco. É o primeiro português indicado pelos norte-americanos do Lone Star e a primeira mulher a ocupar este cargo.

Carla Antunes da Silva foi nomeada pelo Lone Star para ocupar o cargo de membro do conselho geral e de supervisão do Novo Banco. É a primeira mulher a ocupar um lugar neste órgão.

Carla Antunes da Silva foi nomeada para ocupar o cargo de membro do conselho geral e de supervisão do Novo Banco. Um dos braços direitos de António Horta Osório no Lloyds, é a primeira mulher a ser nomeada para este órgão e o primeiro português indicado pelos novos donos da instituição financeira liderada por António Ramalho, os norte-americanos do Lone Star.

“O Novo Banco informa que em assembleia geral do banco se deliberou a nomeação de Carla Antunes da Silva como membro do Conselho Geral e de Supervisão (CGS) para o mandato em curso”, lê-se no comunicado enviado pela instituição financeira à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM).

Segundo o mesmo comunicado, Carla Antunes da Silva ocupa desde outubro de 2015 o cargo de Strategy Director do Lloyds Banking Group, liderado por António Horta Osório. Mas a sua experiência na banca não fica por aqui. Nos últimos 18 anos, passou pelo “Credit Suisse, JP Morgan e Deutsche Bank, onde liderou as equipas de research e sales da banca europeias”, refere o Novo Banco.

"O Novo Banco informa que em assembleia geral do banco se deliberou a nomeação de Carla Antunes da Silva como membro do Conselho Geral e de Supervisão (CGS) para o mandato em curso.”

Novo Banco

A nível académico, a sua formação foi realizada no Reino Unido, “com um Master of Art (PPE – Politics, Philosophy and Economics) pela Universidade de Oxford e um Master of Science (MSc) Management pela London School of Economics”.

O nome de Carla Antunes da Silva, um dos braços direitos de Horta Osório e a primeira mulher a ocupar um cargo no conselho geral e de supervisão do Novo Banco, completa assim o órgão “com um número final de nove membros”. A faltar fica ainda a autorização do Banco Central Europeu para que possa começar a desempenhar as funções.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Lone Star escolhe braço direito de Horta Osório para o Novo Banco

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião