George Soros diz que a Bitcoin é uma “bolha”. Mas vai comprar

George Soros disse em janeiro que as criptomoedas são uma "bolha". Cerca de dois meses depois, o seu fundo obteve aprovação de Soros para transacionar criptomoedas.

George Soros vai investir em criptomoedas, cerca de dois meses depois de ter dito que estes ativos eram uma bolha prestes a implodir. No início do ano, o multimilionário tinha dito no Fórum Económico Mundial que as criptomoedas, como a bitcoin, nunca poderiam funcionar como moedas reais dada a sua volatilidade. Mas já terá dado autorização ao seu fundo, o Soros Fund Management, para que possa comprar e vender este tipo de ativos no mercado.

A posição do empresário norte-americano terá mudado desde janeiro. Segundo a Bloomberg, Adam Fisher, gestor do Soros Fund Management, obteve aprovação interna para passar a transacionar moedas virtuais. No entanto, a mesma agência refere que o fundo de George Soros ainda não terá comprado quaisquer criptomoedas.

Desde que George Soros discursou no Fórum Económico Mundial, o valor da bitcoin caiu mais de 40%, nota a Bloomberg. Em causa, pressões regulatórias na China e na Coreia do Sul, dois dos principais mercados para a bitcoin. Aliás, este primeiro trimestre foi o pior arranque de ano de sempre para a conhecida moeda virtual, que se popularizou e chegou a Wall Street no ano passado, depois de multiplicar por 11 o seu valor.

Evolução do preço da bitcoin desde o início do ano

Fonte: Reuters

Em janeiro, Soros afirmou que “enquanto houver ditaduras em crescimento, o fim [da bitcoin] será diferente, porque quem manda nesses países vai voltar-se para a bitcoin” como forma de refúgio. Ainda assim, o investidor não acreditava no projeto subjacente à moeda virtual, tendo em conta a sua volatilidade.

De qualquer forma, o magnata tem beneficiado da crescente popularidade da bitcoin. O seu fundo detém uma participação na Overstock, uma empresa de comércio eletrónico que passou a aceitar pagamentos com criptomoedas em agosto do ano passado e que tem planos para abrir uma espécie de corretora de moeda virtual.

George Soros tem 87 anos e uma fortuna avaliada em oito mil milhões de dólares. É dono do Soros Fund Management, que soma mais de 284 posições em empresas de dimensões significativas, como a Time Warner, a General Motors e a Netflix.

Contribua. A sua contribuição faz a diferença

Precisamos de si, caro leitor, e nunca precisamos tanto como hoje para cumprir a nossa missão. Que nos visite. Que leia as nossas notícias, que partilhe e comente, que sugira, que critique quando for caso disso. A contribuição dos leitores é essencial para preservar o maior dos valores, a independência, sem a qual não existe jornalismo livre, que escrutine, que informe, que seja útil.

A queda abrupta das receitas de publicidade por causa da pandemia do novo coronavírus e das suas consequências económicas torna a nossa capacidade de investimento em jornalismo de qualidade ainda mais exigente.

É por isso que vamos precisar também de si, caro leitor, para garantir que o ECO é económica e financeiramente sustentável e independente, condições para continuar a fazer jornalismo rigoroso, credível, útil à sua decisão.

De que forma? Contribua, e integre a Comunidade ECO. A sua contribuição faz a diferença,

Ao contribuir, está a apoiar o ECO e o jornalismo económico.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

George Soros diz que a Bitcoin é uma “bolha”. Mas vai comprar

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião