Como as marcas aproveitaram a “bicicleta” de Ronaldo

  • Rita Frade
  • 6 Abril 2018

O pontapé de bicicleta de Cristiano Ronaldo, frente à Juventus, mereceu destaque não só pela imprensa nacional, como internacional, mas também por diversas marcas, que decidiram assinalar o feito.

Cristiano Ronaldo marcou dois golos no encontro que colocou frente a frente o Real Madrid e a Juventus, a contar para a Liga dos Campeões. Um deles mereceu destaque não só na imprensa nacional, como internacional, mas também por diversas marcas, que assinalaram o feito com imagens e vídeos representativos do momento.

O próprio Cristiano Ronaldo diz que terá sido “seguramente” o melhor golo da sua carreira, uma vez que até fez levantar das suas cadeiras, num aplauso em uníssono, todos os adeptos no estádio, incluindo os da Juventus.

Super Bock, MEO, NOS, Bang Bang Agency foram, assim, algumas das marcas que decidiram “homenagear” o pontapé de bicicleta do internacional português, que colocou a redondinha no canto direito da baliza de Buffon, e que, certamente, irá ficar para a história do futebol.

A MEO diz no vídeo que “com golos destes, já ninguém acredita que o Melhor do Mundo é humano“:

A Super Bock representa o famoso golo através da sua cerveja, sendo que o copo corresponde ao pé de Ronaldo e a carica à bola:

A NOS utiliza cores do seu logótipo e figuras geométricas para representar o pontapé de bicicleta de Cristiano Ronaldo:

A agência de publicidade Bang Bang Agency pede desculpa à Nike, mas diz que “não conseguiu evitar” e colocou a imagem de Cristiano Ronaldo ao lado da de Michael Jordan, famoso jogador de basquetebol.

Quanto vale uma notícia? Contribua para o jornalismo económico independente

Quanto vale uma notícia para si? E várias? O ECO foi citado em meios internacionais como o New York Times e a Reuters por causa da notícia da suspensão de António Mexia e João Manso Neto na EDP, mas também foi o ECO a revelar a demissão de Mário Centeno e o acordo entre o Governo e os privados na TAP. E foi no ECO que leu, em primeira mão, a proposta de plano de recuperação económica de António Costa Silva.

O jornalismo faz-se, em primeiro lugar, de notícias. Isso exige investimento de capital dos acionistas, investimento comercial dos anunciantes, mas também de si, caro leitor. A sua contribuição individual é relevante.

De que forma pode contribuir para a sustentabilidade do ECO? Na homepage do ECO, em desktop, tem um botão de acesso à página de contribuições no canto superior direito. Se aceder ao site em mobile, abra a 'bolacha' e tem acesso imediato ao botão 'Contribua'. Ou no fim de cada notícia tem uma caixa com os passos a seguir. Contribuições de 5€, 10€, 20€ ou 50€ ou um valor à sua escolha a partir de 100 euros. É seguro, é simples e é rápido. A sua contribuição é bem-vinda.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

Como as marcas aproveitaram a “bicicleta” de Ronaldo

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião