Adidas encerra lojas e aposta na duplicação das vendas online

  • Lusa
  • 9 Abril 2018

A empresa está a contratar 200 funcionários para o digital e quer mais do que duplicar as receitas das vendas digitais.

A Adidas vai apostar no encerramento de lojas e investir no comércio digital, com o objetivo de duplicar as vendas online nos próximos dois anos, segundo o Financial Times.

Numa entrevista ao Financial Times divulgada no domingo, o presidente executivo da Adidas, Kasper Rorsted, afirma que o sítio da empresa na internet é “a loja mais importante” que têm em todo o mundo e, por isso, tem prioridade quando a empresa contrata, aloca recursos ou constrói infraestruturas.

A Adidas, presente em Portugal, está a contratar 200 funcionários para o digital e quer mais do que duplicar as receitas das vendas digitais para quatro mil milhões de euros até 2020, adianta o Financial Times, recordando que no ano passado, as vendas online do grupo subiram 57%, para quase 1,6 mil milhões de euros. A empresa não refere, contudo, quantos trabalhadores poderão ser despedidos com o encerramento das lojas físicas.

Como parte dos esforços da empresa, a Adidas introduziu uma aplicação para smartphone que permite aos clientes um elevado grau de personalização, que já foi lançada nos Estados Unidos, no Reino Unido e na Alemanha e deverá estar disponível brevemente em França, Espanha e Canadá, adianta.

“Há dez anos, as nossas lojas eram uma fonte de receita. No futuro, também serão uma fonte para a marca”, considerou Kasper Rorsted.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Adidas encerra lojas e aposta na duplicação das vendas online

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião