Meninos amuados, notícias falsas e AG convocada. Bruno de Carvalho em cinco posts

  • ECO
  • 9 Abril 2018

Os últimos desenvolvimentos da crise no Sporting podem resumir-se em cinco publicações no Facebook de Bruno de Carvalho. Da suspensão dos "meninos mimados" à convocação de nova Assembleia Geral.

Está instalada a crise no Sporting. Depois de o Sporting ter perdido o último jogo da Liga Europa, frente ao Atlético de Madrid, Bruno de Carvalho virou-se contra o plantel… e o plantel virou-se contra Bruno de Carvalho. Em pouco mais de um fim de semana, a situação escalou e, agora, já é o presidente da mesa da Assembleia Geral do Sporting, Jaime Marta Soares, que pede a demissão do presidente do clube. Bruno de Carvalho já respondeu a Marta Soares e… pede a demissão deste. Os últimos desenvolvimentos da crise no Sporting podem resumir-se em cinco publicações na conta de Facebook de Bruno de Carvalho — um deles, entretanto, já apagado. Cinco, mais um: esta segunda-feira, já depois da publicação deste artigo, o presidente do Sporting partilhou mais um desabafo, onde anuncia que vai fechar a sua conta de Facebook.

5 de abril. O “arraso” aos jogadores

A publicação começou por ser apenas um “relato” do jogo do Sporting contra o Atlético de Madrid, que venceu os leoninos por 2-0. Na visão de Bruno de Carvalho, o Sporting foi “uma equipa com atitude mas com uma defesa que não esteve concentrada”. E deixou várias críticas individuais, a Gelson, Fábio e Bas Dost. “De 11, fomos 9, muitas vezes, e isso paga-se caro”, escreveu.

Pouco tempo depois de ter publicado estes comentários, e perante as críticas que recebeu, fez uma atualização. “Todos os que vieram para a minha página pessoa dar lições de moral ou deturpar o que escrevi ficaram sem acesso à mesma. No caso deles, sobre a minha página pessoal, vão passar a saber por que ficam em casa”. E acrescentou: “Quem vê nisto um arraso a jogadores tem de ter um problema grave”.

6 de abril. A suspensão dos “meninos mimados”

Esta publicação já foi, entretanto, apagada, mas é uma das que causou maior polémica. Depois dos críticas feitas aos jogadores na quinta-feira à noite, foram os próprios jogadores que se viraram contra Bruno de Carvalho. Rui Patrício deu o pontapé de saída com um texto publicado na sua conta de Instagram, que foi depois partilhado por vários jogadores do Sporting.

Bruno de Carvalho respondeu a esta crítica com a suspensão destes jogadores. “No Sporting não se vive na República das Bananas. Todos os atletas que escreveram o que em baixo descrevo estão imediatamente suspensos, tendo de enfrentar a disciplina do clube. Já estou farto de atitudes de miúdos mimados que não respeitam nada nem ninguém”, escreveu.

8 de abril. As “notícias falsas”

Dos jogadores, Bruno de Carvalho partiu para atacar também a comunicação social. Numa publicação de domingo, o presidente do Sporting criticou a forma como os jogadores, que tinham pedido uma reunião com a direção do clube, optaram por partilhar informação com a comunicação social. “Coisa estranha, quisemos tratar de tudo em família e dentro de casa, como aliás nos tem sido pedido, e eis que hoje está tudo na praça pública, plantado em todos os jornais, com vários factos deturpados, truncados ou, simplesmente, aldrabados”.

Quanto às notícias que têm sido publicadas, rejeita a sua veracidade. “Alguém dentro daquelas duas salas apressou-se a colocar uma série de notícias falsas por todos os jornais. São este tipo de hipocrisias em que se apela publicamente para que os assuntos sejam tratados dentro de casa, para depois, com recurso a serem “fontes anónimas”, poderem livremente conspurcar uma comunicação social que, já por si, inventa todos os dias novas mentiras sobre o Sporting”.

9 de abril. A maca

Já na madrugada desta segunda-feira, Bruno de Carvalho publicou uma fotografia que será do próprio, deitado numa maca, a receber assistência médica. “Quero agradecer ao jogador que espalhou esta foto. É isto que a bancada quer”, comentou. Este domingo, o presidente do Sporting disse que enfrenta várias doenças. “De há um mês para cá luto com várias doenças ao mesmo tempo, tenho estado ao lado da minha mulher. Têm sido momentos difíceis para a minha família, mas temos superado”, disse em conferência de imprensa, depois do jogo contra o Paços de Ferreira, que venceu por 2-0.

9 de abril. Nova Assembleia Geral

A última publicação foi já esta manhã, depois de Jaime Marta Soares ter exigido a demissão de Bruno de Carvalho. Na resposta, o presidente do Sporting diz que será ele próprio a convocar nova Assembleia Geral, para que os sócios possam pronunciar-se não só sobre a direção do clube, mas também sobre a Assembleia Geral e o Conselho Fiscal e Disciplinar.

9 de abril. O fecho da conta

Já depois da publicação deste artigo, Bruno de Carvalho publicou novo desabafo, desta vez para anunciar que vai fechar a conta de Facebook. “Eu não quero mais enxovalhos em prol de quem não merece. Querem viver na ignorância e sem defesa à altura das necessidades do nosso clube? Se o Sporting fica mais forte desta forma, seja feita a vontade da maioria. Para mim, ficará a missão de gerir o clube da forma que acham melhor. Erradíssima, mas o clube é vosso”, escreve.

“Que este meu afastamento do Facebook seja a vossa felicidade! E eu que sempre julguei que seria o sermos campeões em tudo. Ingénuo!”, conclui.

Notícia atualizada às 12h36 com anúncio de fecho de conta do Facebook por parte de Bruno de Carvalho.

Comentários ({{ total }})

Meninos amuados, notícias falsas e AG convocada. Bruno de Carvalho em cinco posts

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião