Fosun abre resort de luxo de 1,74 mil milhões de dólares

  • ECO
  • 28 Abril 2018

A Fosun, acionista do BCP, abriu um resort de luxo de 1,74 mil milhões de dólares no chamado "Hawaii da China", a ilha Hainan. Com o Atlantis Sanya, espera atrair mais turistas estrangeiros.

A Fosun, o maior acionista do BCP, estão a apostar na internacionalização do turismo chinês. Abriu um resort de luxo de 1,74 mil milhões de dólares no chamado “Hawaii da China”, a ilha Hainan, já conhecida como destino de férias dos turistas locais. Com o Atlantis Sanya, a empresa espera conseguir também atrair turistas estrangeiros, dando um novo impulso à economia da região.

O resort, detido pela Fosun e gerido pela Kerzner International, tem uma dimensão equivalente a 66 campos de futebol e 1.314 quartos, avança a Reuters. “O Atlantis Sanya é não só um precursor da reforma no setor do turismo, como se torna num novo marco no turismo de Hainan”, afirmou Xu Zhenling, vice-presidente da câmara de Sanya, numa conferência de imprensa antes da inauguração do resort.

A ilha de Hainan, um dos destinos de férias na China, tenta internacionalizar o seu turismo desde 2010 depois de obter autorização do Governo central. Contudo, no ano passado, recebeu apenas 1,1 milhões de turistas estrangeiros num total de 67 milhões.

Localizado na baía de Haitang, o resort Atlantis Sanya foi inspirado no Atlantis The Palm, no Dubai. Oferece suites com vista para o fundo do mar, assim como parques aquáticos e um centro comercial.

Quanto vale uma notícia? Contribua para o jornalismo económico independente

Quanto vale uma notícia para si? E várias? O ECO foi citado em meios internacionais como o New York Times e a Reuters por causa da notícia da suspensão de António Mexia e João Manso Neto na EDP, mas também foi o ECO a revelar a demissão de Mário Centeno e o acordo entre o Governo e os privados na TAP. E foi no ECO que leu, em primeira mão, a proposta de plano de recuperação económica de António Costa Silva.

O jornalismo faz-se, em primeiro lugar, de notícias. Isso exige investimento de capital dos acionistas, investimento comercial dos anunciantes, mas também de si, caro leitor. A sua contribuição individual é relevante.

De que forma pode contribuir para a sustentabilidade do ECO? Na homepage do ECO, em desktop, tem um botão de acesso à página de contribuições no canto superior direito. Se aceder ao site em mobile, abra a 'bolacha' e tem acesso imediato ao botão 'Contribua'. Ou no fim de cada notícia tem uma caixa com os passos a seguir. Contribuições de 5€, 10€, 20€ ou 50€ ou um valor à sua escolha a partir de 100 euros. É seguro, é simples e é rápido. A sua contribuição é bem-vinda.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

Fosun abre resort de luxo de 1,74 mil milhões de dólares

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião