Dívida pública regista primeira queda do ano em março. Está abaixo dos 246 mil milhões

O endividamento do Estado e das administrações públicas reduziu-se em 200 milhões de euros entre fevereiro e março deste ano, fixando-se nos 245,9 mil milhões de euros.

A dívida pública registou, em março, a primeira queda deste ano. Fixou-se em 245,9 mil milhões de euros, um valor que, ainda assim, fica acima do que tinha sido registado em janeiro.

Os dados foram publicados esta quarta-feira pelo Banco de Portugal, que dá conta de que o endividamento do Estado e das administrações públicas reduziu-se em 200 milhões de euros entre fevereiro e março deste ano, fixando-se nos 245,9 mil milhões de euros. Em fevereiro, a dívida era superior a 246 mil milhões de euros.

Dívida está nos 245,9mil milhões

O montante total da dívida pública em março está acima do que era registado em janeiro, quando era de 243,6 mil milhões de euros. Isto depois de, em fevereiro, Portugal ter registado o maior aumento da dívida pública desde abril do ano passado, num mês em que o Tesouro levantou mais de dois mil milhões de euros em títulos de dívida pública e em que não houve devoluções antecipadas ao Fundo Monetário Internacional (FMI).

“Para esta diminuição contribuiu essencialmente o decréscimo dos títulos de dívida e dos empréstimos”, justifica o Banco de Portugal.

Também a dívida líquida de depósitos foi reduzida, em 100 milhões de euros, para um total de 223,2 mil milhões de euros.

Comentários ({{ total }})

Dívida pública regista primeira queda do ano em março. Está abaixo dos 246 mil milhões

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião