Tem uma ideia inovadora? Já começou o concurso do Governo que usa a blockchain

Há três prémios de 30.000 euros para as ideias mais inovadoras que abracem um dos 17 desafios da Agenda 2030 da ONU. É o novo concurso do Governo português, que vai testar a blockchain.

Arranca esta quarta-feira o concurso GovTech, um programa lançado pelo Governo para encontrar novas soluções tecnológicas e ideias de negócio desenvolvidas por startups, mas que, ao mesmo tempo, abranjam um dos 17 objetivos da agenda sustentável da ONU para 2030. As candidaturas já podem ser submetidas no portal da iniciativa e a votação servirá, ao mesmo tempo, para o Governo testar a nova tecnologia blockchain. Em jogo estão três prémios de 30.000 euros cada um.

Como o ECO já tinha noticiado no início de abril, as candidaturas podem ser submetidas a partir desta quarta-feira e até ao dia 8 de junho. Nesta fase, o objetivo é receber e validar as candidaturas, que devem ser feitas por quem tem um projeto capaz de abraçar um dos 17 desafios da Agenda 2030, como, por exemplo, a erradicação da pobreza e da fome, a igualdade de género ou as energias renováveis. Os três vencedores, para além do investimento monetário inicial, terão uma rara oportunidade de escalar o projeto a um nível mundial, com o apoio do Estado português.

Validadas as candidaturas, arranca a fase de votações, até setembro. Qualquer português pode autenticar-se no site do projeto GovTech, sendo-lhe atribuída uma quantia numa moeda virtual criada pelo Governo para este efeito. Poderá, depois, ir distribuindo essas moedas pelos projetos que mais lhe despertarem interesse, como se fosse um coinvestidor. As moedas não são verdadeiras e só servem para este concurso. Mas vão permitir ao Governo português testar a nova tecnologia da blockchain, que está na base das criptomoedas como a bitcoin.

Portugal e o seu ecossistema empreendedor têm uma oportunidade de testar soluções tecnológicas que podem ser escaláveis.

Ana Teresa Lehmann

Secretária de Estado da Indústria

Em abril, a secretária de Estado da Modernização Administrativa, Graça Fonseca, explicou que “a intenção”, para além de encontrar projetos com potencial, é também “aproveitar uma tecnologia [blockchain] cada vez mais popular para gerar comunidade e promover um projeto transparente”. Se funcionar bem, a porta fica aberta a outras aplicações por parte da Administração Pública. A autenticação pode ser feita com recurso à Chave Móvel Digital.

Num evento de apresentação, que decorreu esta quarta-feira em Lisboa, a secretária de Estado da Indústria, Ana Teresa Lehmann, considerou que esta é “uma oportunidade para quem está a lançar o seu projeto ou o seu negócio”. Apontando para o ecossistema de startups que existe em Portugal, a governante disse ainda acreditar que “até os maiores problemas do mundo podem ser vistos com outros olhos”.

“Portugal e o seu ecossistema empreendedor têm uma oportunidade de testar soluções tecnológicas que podem ser escaláveis”, afirmou Ana Teresa Lehmann, recordando que os vencedores terão também acesso à próxima edição da feira de tecnologia e empreendedorismo Web Summit, assim como a uma incubação por três meses numa incubadora da rede nacional.

Por sua vez, Teresa Ribeiro, secretária de Estado dos Negócios Estrangeiros e da Cooperação, Teresa Ribeiro, disse as empresas são a chave para abordar as temáticas identificadas na agenda sustentável para 2030. “As empresas são um ator fundamental. O investimento privado é um instrumento fundamental se quisermos alcançar o desenvolvimento sustentável”, afirmou.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Tem uma ideia inovadora? Já começou o concurso do Governo que usa a blockchain

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião