SoundHound: esta startup pode destronar a Amazon, a Apple e a Google

Esta startup de identificação musical recebeu uma ronda de investimento de 100 milhões de dólares, levada a cabo pela gigante chinesa Tencent. Pode ficar avaliada em mais de mil milhões de dólares.

A Amazon, a Google e a Apple vão ter um concorrente de peso. A startup SoundHound, criada há 13 anos, está prestes a receber uma ronda de financiamento de 100 milhões de dólares da chinesa Tencent, bem como de outras empresas do setor tecnológico. Com esta injeção de capital, a aplicação conhecida inicialmente pelo seu identificador musical, pode ultrapassar as maiores empresas tecnológicas em termos de valor de mercado.

A notícia foi adiantada esta semana pela própria SoundHound, que anunciou a ronda de investimento liderada pela gigante Tencent. A Hyundai, a Daimler, a Orange e a Midea são outras das empresas que vão contribuir com capital. Apesar de a startup não ter revelado em quanto ficou avaliada após esse feito, uma fonte próxima da empresa adiantou ao Bussiness Insider (conteúdo em inglês) que esta ficará a valer mais de mil milhões de dólares.

Com este reforço financeiro, a Apple, a Amazon e a Google ficam em risco de perder o pódio das empresas mais valiosas do mundo. No entanto, Keyvan Mohajer, CEO da SoundHound, diz não ter medo dos rivais. “Digo sempre aos membros da minha equipa que os nossos concorrentes são apenas variáveis num complexo conjunto de equações”, disse.

Esta já é a segunda ronda de investimento de grandes dimensões que a startup recebe, e oriunda principalmente de parceiros estratégicos — empresas que arrecadam dinheiro por conta própria. No ano de 2015, recebeu financiamento da Samsung, NVIDIA, HTC, entre outras empresas. Com esta nova ronda, o dinheiro usado será para a abertura de novos escritórios na China.

A SoundHound é uma aplicação conhecida inicialmente por fazer o reconhecimento de músicas, mas ultimamente especializou-se na criação de um assistente de voz, semelhante à Alexa, da Amazon, mas com a particularidade de este poder ser personalizado. Mohajer explicou ao Business Insider que a estratégia passa por conseguir financiamento por parte de grandes empresas, principalmente aquelas que temam perder concorrência para Amazon. Desta forma, a SoundHund consegue arrecadar clientes.

“As grandes empresas não gostam de adotar esses assistentes da Amazon, da Google e da Apple. Eles querem ter os seus próprios assistentes, personalizá-los, podendo diferenciar-se, mas mantendo os seus utilizadores“, explicou Mohajer. “A plataforma Houndify oferece exatamente isso”.

Comentários ({{ total }})

SoundHound: esta startup pode destronar a Amazon, a Apple e a Google

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião