António Costa apanhado de surpresa pela “vergonha” de César

  • ECO
  • 5 Maio 2018

O secretário-geral do PS reagiu com "surpresa" às declarações do presidente do partido sobre Sócrates e Pinho. César disse que os socialistas se sentiam "penalizados, revoltados e até enraivecidos".

Fui apanhado de surpresa pelas afirmações de Carlos César”. Foi desta forma que António Costa reagiu às declarações do presidente do Partido Socialista — Carlos César — em que este afirmou, em declarações ao Expresso (acesso pago), que os socialistas se sentiam “penalizados, revoltados e até enraivecidos” a propósito das investigações que recaem sobre Sócrates e o ex-ministro da Economia Manuel Pinho.

O semanário relata que, além da surpresa que o secretário-geral do partido expressou no que toca à decisão de Sócrates sair do PS, também as palavras do Presidente do Partido o surpreenderam. O presidente do Partido Socialista afirmou na TSF durante a última semana que o partido se sente “envergonhado” com o caso Manuel Pinho. Questionado sobre a situação de José Sócrates, caso as suspeitas sejam confirmadas, Carlos César disse que a vergonha “até é maior porque era primeiro-ministro”.

Terão sido estas declarações que levaram José Sócrates a anunciar a saída do PS, numa carta “seca” de apenas duas linhas, deixando críticas duras à direção do partido.

Apesar do choque provocado pela saída de Sócrates do partido e da divergência de posições revelada entre membros do partido, António Costa disse ao semanário que tal não abalará o congresso do PS que se realiza no final de maio. “O congresso será centrado nos desafios estratégicos do país e na espuma dos dias”, disse o secretário-geral do PS ao Expresso.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

António Costa apanhado de surpresa pela “vergonha” de César

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião