Banco CTT é o mais reclamado nos depósitos e crédito ao consumo. BIC lidera na habitação

Por cada mil contas de depósito, o Banco CTT recebeu 1,91 reclamações no ano passado. Por cada mil créditos ao consumo, recebeu 6,85 reclamações. BIC foi o mais reclamado no crédito à habitação.

No primeiro ano completo de atividade, o Banco CTT saltou para o topo da lista das instituições bancárias que receberam mais reclamações em Portugal. O banco da empresa de serviços postais foi o mais reclamado quer nas contas de depósito à ordem, quer no crédito ao consumo. No crédito à habitação, o banco mais reclamado é o BIC.

Os dados foram divulgados, esta segunda-feira, pelo Banco de Portugal, no Relatório de Supervisão Comportamental relativo ao ano passado. Ao longo de 2017, indica o documento, o regulador recebeu 15.282 reclamações de clientes bancários contra instituições de crédito, mais 8,1% do que em 2016.

O Banco CTT, lançado no mercado em março de 2016, foi o principal alvo dessas reclamações. No caso das contas de depósito, o banco recebeu, no ano passado, 1,91 reclamações por cada mil contas de depósito à ordem que tinha abertas. O Banco do Brasil, o Deutsche Bank, o BBVA e o Bankinter fecham a lista dos cinco bancos mais reclamados, nas contas de depósito, no ano passado.

Em 2016, os bancos mais reclamados nas contas de depósito eram o Deutsche Bank, o BBVA, o Banco do Brasil, o Santander Totta e o Activo Bank.

O Banco de Portugal indica ainda que as instituições de crédito analisadas tiveram, em média, mais de uma reclamação por trimestre. E salienta ainda os bancos menos reclamados, que tiveram menos de uma reclamação por trimestre: Abanca, Banco Finantia, Banco Invest, Banco Carregosa, BNI, BNP Paribas, Caixa de Crédito Agrícola Mútuo de Bombarral e Caixa de Crédito Agrícola Mútuo de Leiria.

 

No crédito aos consumidores, o Banco CTT volta a ser o mais reclamado, com 6,85 reclamações por cada mil contratos de crédito. FCE Bank (a instituição de crédito da Ford), Deutsche Bank, Caixa Leasing e Factoring e FCA Capital (a empresa de financiamento do grupo Fiat Chrysler) compõem o ranking das instituições mais reclamadas no crédito ao consumo. Todas estas já estava no topo no ano passado; a única novidade é o Banco CTT.

 

Por fim, no crédito à habitação, o Banco BIC é o mais contestado, com 2,27 reclamações por cada mil contratos de crédito. Seguem-se o Popular, o Santander Totta, o Caixa Económica Montepio Geral e o BBVA. Estes são exatamente os mesmos que, em 2016, também receberam o maior número de reclamações, sendo que quem liderava era o BBVA.

 

Comentários ({{ total }})

Banco CTT é o mais reclamado nos depósitos e crédito ao consumo. BIC lidera na habitação

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião