ScaleUp Porto já escolheu os vencedores da convocatória aberta. Conheça-os aqui

De entre 57 candidaturas, ScaleUp Porto já escolheu os projetos e iniciativas a financiar durante este ano. O bolo de financiamento total chega aos 70 mil euros.

No Porto, é possível fazer um tour a caminhar pelas startups e scaleups mais reconhecidas.Scale Up Porto

A ScaleUp Porto já escolheu as iniciativas a serem financiadas durante este ano com os 70 mil euros que a Câmara do Porto tem para financiar projetos que envolvam eventos de empreendedorismo e tecnologia. A segunda edição do concurso contou com mais sete candidaturas do que no ano passado.

Em 2017 foram selecionadas oito atividades que decorreram até ao final do ano e que envolveram mais de 1.600 pessoas, de acordo com dados da organização. Da lista de atividades fazem parte conferências e meetups, hackathons e exposições de tecnologia, assim como workshops e programas de formação. Só no primeiro ano da convocatória, foram realizados 16 eventos de acesso público.

Na convocatória aberta foram escolhidas oito ideias entre 57 candidaturas. Conheça melhor os vencedores:

  • Incinerator por Founders Founders: Incinerator é um projeto que promete dar um fim digno às startups portuguesas e tornar acessível o conhecimento e as aprendizagens conquistados pelos seus fundadores durante o seu tempo de vida. O projeto consiste numa série de eventos onde um fundador de uma startup que falhou fala sobre o seu caso de insucesso e conta a sua história. Estes eventos também serão filmados e agregados numa série que será tornada pública.
  • INESC TECLeveraging Intellectual Property Strategy for Scale-up: Os Direitos de Propriedade Intelectual (DPI) desempenham um papel central na economia e de acordo com os indicadores de DPI internacionais, há uma lacuna de consciência e conhecimento sobre o uso estratégico dos DPI no negócio, especificamente na área das TIC. Com esta atividade, que se traduz em dois eventos —IPforBusiness – IP Training Roadshow for Innovation Support e for ICT/IoT – Porto Conference –, o INESC TEC quer sensibilizar as empresas para os DPIs e alavancar a utilização de tais DPIs na estratégia de negócio.
  • Portuguese Women in Tech Awards por Press Play: Uma celebração do ecossistema empreendedor nacional, com especial atenção para as mulheres que dele fazem parte. Alinhado com a visão da comunidade Portuguese Women in Tech, serão premiadas as empreendedoras nacionais que mais se destacam em diversas áreas, num processo com a contribuição do ecossistema que culmina num evento de entrega destes prémios. Com esta atividade serão potenciadas ligações e a visibilidade da comunidade empreendedora no feminino, promovendo o equilíbrio no Porto.
  • OPO.network – Porto Communities Network: Com uma série de encontros, o OPO.network tem como objetivo reunir comunidades criativas, promover iniciativas que criem conscientização, conhecimento e oportunidades, com foco em JavaScript, Design e Marketing.
  • DSPT Day 2018 por Associação Portuguesa de Ciência de Dados: Um dia de networking e partilha de conhecimentos sobre Ciência de Dados que pretende contribuir para que a região do Porto seja um polo de referência em Ciência de Dados. Será promovida a partilha de informação e experiências entre entusiastas de Ciência de Dados, assim como proporcionar intercâmbio entre startups, instituições e associações nacionais e internacionais, cuja atividade se desenvolva em áreas relevantes para as diferentes disciplinas inseridas em Ciência de Dados criando, assim, oportunidades de networking.
  • BISTAS LARGAS – para ver mais do que o óbvio: Para criar novos conhecimentos, soluções ou produtos através da investigação, apurar novas ideias de negócio e aprofundar as variáveis tecnológicas e de mercado relevantes para a criação de uma nova empresa, não basta focar apenas nas áreas nucleares, como planos de negócio e fontes de financiamento. É necessário investir também em zonas periféricas, menos visíveis, frequentemente esquecidas, mas que protegem e/ou potenciam o novo negócio. O CINTESIS vai organizar um conjunto de três sessões de formação e discussão interativas dedicadas às áreas da Propriedade Intelectual, da Regulamentação/Certificação e da Comunicação. No âmbito desta iniciativa, serão criados manuais nas três áreas mencionadas (Propriedade Intelectual, Regulamentação/Certificação e Comunicação), a serem distribuídos pelos participantes e junto de diferentes stakeholders da cidade do Porto.
  • NinjaChallenge por Jscrambler: O Ninja Challenge é uma competição online de hacking que vai procurar os melhores programadores de JavaScript. A competição consistirá em dois fins de semana intensos de JavaScript hacking que culminará com a premiação dos vencedores.
  • Tomorrow Summit por Federação Académica do Porto: Com esta nova atividade denominada Tomorrow Summit, a FAP deixa patente a vontade de apostar na inovação e tecnologia, procurando concretizar as intenções de abordagem destes temas. Querendo explorar este papel e esta visão da Academia para o futuro, idealiza-se um evento que, adotando um modelo organizacional aclamado (Summit), possibilite que se discutam questões, apresentem ideias e se iniciem projetos que afirmem qual a resposta da Academia em relação ao amanhã.

Comentários ({{ total }})

ScaleUp Porto já escolheu os vencedores da convocatória aberta. Conheça-os aqui

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião