Hoje nas notícias: aeroporto, pensões e Eurovisão

  • ECO
  • 9 Maio 2018

A construção do aeroporto do Montijo tem luz verde em termos de impacto ambiental. Esta e outras notícias estão em destaque esta quarta-feira.

O estudo elaborado pela empresa Profico Ambiente viabiliza a construção do aeroporto do Montijo. Na Segurança Social, o atraso no pagamento das pensões obriga a contratar 200 novos trabalhadores. E o impacto económico da Eurovisão ultrapassa o da Expo98 ou do Euro2004. Estas são algumas das notícias em destaque na imprensa nacional esta quarta-feira.

Estudo ambiental viabiliza construção do aeroporto do Montijo

A construção do futuro aeroporto do Montijo tem luz verde em termos de impacto ambiental. O estudo da empresa Profico Ambiente viabiliza o projeto e vai ser entregue esta semana ao Governo pela ANA – Aeroportos de Portugal. Será ainda avaliado pela Agência Portuguesa do Ambiente (APA). A notícia é do Jornal de Negócios (acesso pago).

Atrasos nas pensões obrigam a contratar 200 trabalhadores

A Segurança Social vai contar com o reforço de 200 trabalhadores e, tal como o ECO noticiou esta terça-feira, o Centro Nacional de Pensões é uma das áreas em destaque. O Diário de Notícias avança que esta entidade perdeu quase um quarto dos trabalhadores nos últimos anos e que a resposta a pedidos de reforma chega a demorar em alguns casos sete meses. Veja mais aqui.

Eurovisão com impacto de 100 milhões de euros

A Eurovisão vai ter um impacto económico de 100 milhões de euros. De acordo com o diretor-geral da Associação de Hotelaria, Restauração e Similares de Portugal (AHRESP), José Esteves, “nem a Expo98, nem o Euro2004, nem a Web Summit tiveram este impacto”. A notícia é do jornal i (acesso pago).

Maioria das câmaras não tem planos contra tragédias

Dos 278 concelhos do Continente, dois terços (64%) têm planos de emergência municipais fora de prazo. E metade ainda nem entregou uma atualização à Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC). De acordo com a manchete do Jornal de Notícias, só pouco mais de um terço das câmaras do Continente tem um plano atualizado para organizar o socorro em caso de catástrofe ou acidente grave. Leia mais aqui (acesso pago).

Mulher de Manuel Pinho está sob investigação

A mulher de Manuel Pinho, que foi curadora do BESart – Banco Espírito Santo Collection entre 2004 e 2014, está sob suspeita no processo EDP, no qual o ex-ministro é arguido. Os procuradores procurarão saber se Alexandra Fonseca Pinho terá sido intermediária de eventuais pagamentos do Grupo Espírito Santo ao marido. A notícia é do Correio da Manhã (acesso pago).

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Hoje nas notícias: aeroporto, pensões e Eurovisão

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião