Que implicações tem o RGPD para os EUA? A SPS responde em conferência

A sociedade de advogados SPS discute em conferência quais as implicações que o RGPD terá para os EUA no próximo dia 16 de maio.

A sócia da SPS Advogados Sara Henriques vai discutir as implicações do novo Regulamento Geral de Proteção de Dados, lançado pela União Europeia, para os Estados Unidos da América. A conferência intitulada de “The EU General Data Protection Regulation (GDPR): What It Means for US Businesses” realiza-se no próximo dia 16 de maio e conta com as sociedades de advogados norte-americanas McNees Wallace & Nurick e McCandlish Holton PC.

A SPS é membro exclusivo da Alfa International Global Network — uma rede de sociedades de advogados que tem expressão em todo o mundo e que reúne mais de 150 sociedades, que organizou o evento.

Sara Henriques é certificada como Data Protection Officer (DPO) pelo Instituto Europeu de Administração Pública da União Europeia (EIPA), Maastricht.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Que implicações tem o RGPD para os EUA? A SPS responde em conferência

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião