Avanço de 2% da Sonae segura bolsa de Lisboa

A bolsa nacional terminou em alta ligeira, com o PSI-20 a somar a quinta sessão de ganhos. A Sonae sobressaiu pela positiva, conseguindo compensar as perdas da Jerónimo Martins e Galp Energia.

Foi pouco mas o suficiente. A bolsa lisboeta encerrou com ganhos ligeiros, com o PSI-20 a conseguir acumular a quinta sessão consecutiva de ganhos. O índice bolsista nacional contrariou a tendência negativa a que se assistiu um pouco por toda a Europa, apoiado na valorização de 2% das ações da Sonae SGPS.

O PSI-20 valorizou 0,01%, para os 5.584,67 pontos, nesta terça-feira, com dez dos seus 18 títulos em terreno positivo, seis em queda e dois inalterados: a Altri e a REN.

À Sonae SGPS coube ser a estrela da sessão. As suas ações somaram 1,72%, para os 1,064 euros, numa altura em que a empresa dá passos na preparação para colocar uma das suas áreas de negócio em bolsa, apresentando-a como “proposta de investimento sólida”. A Sonae MC, braço retalhista da empresa co-liderada por Paulo Azevedo, está já a fazer apresentações a potenciais investidores.

Sonae avança 2% em bolsa

O BCP também contribuiu para que o PSI-20 terminasse a sessão acima da linha de água. As suas ações valorizaram 0,41%, para os 26,83 cêntimos, estendendo para 12% os ganhos acumulados nas últimas cinco sessões, num movimento de recuperação.

O rumo do PSI-20 acabou por ser penalizado pela desvalorização da Jerónimo Martins e da Galp Energia. As ações da retalhista recuaram 1,28%, para os 13,52 euros, no dia em que foi noticiada a possibilidade desta comprar uma grande retalhista polaca. Já a petrolífera viu os seus títulos perderem 0,69%, para os 15,94 euros, em sintonia com as cotações do petróleo que recuavam depois de os EUA terem pedido à OPEP para produzir mais petróleo.

(Notícia atualizada às 16h55 com mais informação e cotações)

 

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Avanço de 2% da Sonae segura bolsa de Lisboa

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião