IGCP quer captar mil milhões em dívida a longo prazo

  • Juliana Nogueira Santos
  • 8 Junho 2018

O IGCP anunciou esta sexta-feira dois leilões de Obrigações do Tesouro, um com maturidade a cinco anos e outro a dez. 

Portugal volta aos mercados na próxima quarta-feira para captar até mil milhões de euros em Obrigações do Tesouro. A Agência de Gestão de Tesouraria e da Dívida Pública (IGCP) anunciou esta sexta-feira dois leilões, um com maturidade a cinco anos e outro a dez.

“O IGCP, E.P.E. vai realizar no próximo dia 13 de junho pelas 10:30 horas dois leilões das OT com maturidade em 25 de outubro de 2023 e 17 de outubro de 2028, com um montante indicativo global entre EUR 750 milhões e EUR 1000 milhões”, pode ler-se na nota enviada às redações.

O último leilão de dívida do Tesouro realizou-se a 9 de maio, tendo conseguido levantar cerca de 1.200 milhões de euros com os juros mais baixos de sempre. No prazo a dez anos, a taxa de juro foi de 1,670%, enquanto a cinco anos foi de 0,529%.

No final dos primeiros quatro meses do ano, o IGCP já tinha assegurado mais de 60% das necessidades de financiamento para 2018. Ao ECO, Cristina Casalinho disse, recentemente, que quer chegar a dois terços das necessidades totais até ao final do semestre.

(Notícia atualizada às 13h25 com mais informação)

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

IGCP quer captar mil milhões em dívida a longo prazo

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião