Empresas mais criativas? Está aberta a Buzziness

  • ECO
  • 11 Junho 2018

O publicitário João Gomes de Almeida lançou uma consultora de criatividade, com escritórios no Parque das Nações

Chegou a nova consultora de criatividade do publicitário João Gomes de Almeida. Vai atuar em inúmeras áreas, nomeadamente publicidade, branding, transformação digital, customer experience e consultoria estratégica de marketing.

O nome “é a junção das palavras Buzz e Business, ou seja junta o burburinho das novas tendências com o trabalho e os negócios”. A consultora Buzziness ambiciona ser o meio-termo entre as agências de publicidade, e as consultoras digitais.

A ideia terá surgido porque “o mercado da publicidade está a mudar a um ritmo absolutamente alucinante e é necessário percebemos que tipo de empresas no futuro irão fornecer às marcas os serviços de marketing e criatividade publicitária”, explica o fundador, João Gomes de Almeida, em comunicado enviado às redações.

"É uma oferta absolutamente diferenciada: não somos uma agência de publicidade porque queremos estar mais próximos do pensamento estratégico dos negócios dos nossos clientes, mas também não somos uma consultora digital, porque acreditamos que a criatividade tem muito valor”

João Gomes de Almeida

O projeto iniciou-se há cerca de um mês, tem os escritórios no Parque das Nações, em Lisboa, e está a trabalhar em projectos com “quatro grandes marcas nacionais e uma grande marca internacional”, ainda por anunciar.

O capital de investimento inicial da Buzziness é 100% nacional e João Gomes de Almeida acumulará as funções de CEO e Chief Creative Officer do projeto. Para além disto, é ainda Coordenador da Academia de Criatividade da escola Flag, Non-Executive Chairman do Lisbon Awards Group e cronista dos jornais ECO e i.

 

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Empresas mais criativas? Está aberta a Buzziness

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião