Ronaldo resolve diferendo com fisco espanhol. Vai pagar 18,8 milhões de euros de multa

  • Juliana Nogueira Santos
  • 15 Junho 2018

O jogador português Cristiano Ronaldo fechou acordo com o Fisco espanhol para pôr fim ao processo judicial em que está envolvido.

Cristiano Ronaldo fechou acordo com o Fisco espanhol para pôr fim ao processo judicial em que está envolvido. O jogador português pagará 18,8 milhões de euros, estando previsto que aceite uma pena de prisão suspensa de dois anos, ou seja, seis meses por cada crime cometido.

O Fisco espanhol acusava Ronaldo de quatro crimes de fraude fiscal, ao ter desviado cerca de 150 milhões de euros para uma conta offshore para evitar a tributação dos seus direitos de imagem entre 2011 e 2014. No total, a fraude terá sido de 14,7 milhões de euros. Os crimes foram divulgados pelas investigações do Football Leaks, que também envolviam José Mourinho e Fábio Coentrão.

O jogador conseguiu, ainda assim, que a sua pena fosse reduzida. A princípio, o Fisco acusava-o de ter desviado 19 milhões de euros, mas no último ano Ronaldo utilizou dezenas de meios para se defender das acusações. Por último, ofereceu-se ainda para pagar 14 milhões para fechar o assunto, montante não suficiente para a Hacienda.

(Notícia atualizada às 14h11 com mais informação)

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Ronaldo resolve diferendo com fisco espanhol. Vai pagar 18,8 milhões de euros de multa

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião