Mais de 6.000 precários podem entrar nos quadros das autarquias

Este é universo potencial de trabalhadores com vínculo precário que podem entrar para os quadros das autarquias. Os números atualizados foram divulgados esta manhã pelo ministro Eduardo Cabrita.

O ministro da Administração Interna, Eduardo Cabrita, revelou esta quarta-feira que foram abertos concursos que permitem integrar nos quadros trabalhadores precários nas câmaras que correspondem a 6.502 postos de trabalho. Este é então, à data de hoje, o universo potencial de trabalhadores que pode deixar de ter vínculos precários no poder local.

O governante falava no Parlamento na comissão de poder local, onde falou essencialmente sobre descentralização.

Eduardo Cabrita adiantou que, até 18 de junho, foram abertos procedimentos concursais por 645 entidades, em 168 municípios e 461 freguesias.

Num universo inicial de cerca de 15 mil trabalhadores que foram identificados como tendo vínculo precário, 6.502 postos de trabalho estão colocados a concurso: 66% para assistentes operacionais, 15% para assistentes técnicos e 18% para técnicos superiores. O resultado destes concursos não é conhecido.

No mesmo dia, o ministro do Trabalho fez um balanço sobre a entrada para os quadros de trabalhadores precários no Estado.

Apoie o jornalismo económico independente. Contribua

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso. O acesso às notícias do ECO é (ainda) livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo rigoroso e credível, mas não só. É continuar a informar apesar do confinamento, é continuar a escrutinar as decisões políticas quando tudo parece descontrolado.

Introduza um valor

Valor mínimo 5€. Após confirmação será gerada uma referência Multibanco.

Comentários ({{ total }})

Mais de 6.000 precários podem entrar nos quadros das autarquias

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião