Ideias para revolucionar comunicação? WPP e Startup Lisboa lançam programa de aceleração

O maior grupo de comunicação do mundo juntou-se à Startup Portugal para acelerar ideias inovadoras. Até 17 e setembro, estão abertas as inscrições para o WPP Booster.

O grupo WPP acaba de se juntar à Startup Lisboa para lançar um programa de aceleração de soluções inovadoras na indústria da comunicação digital. O WPP Booster oferecerá aos empreendedores a possibilidade de serem acompanhados por vários mentores, bem como de terem “acesso ao talento e à experiência do maior grupo de comunicação do mundo”. As inscrições estão abertas até dia 17 de setembro.

Iniciativa foi apresentada esta terça-feira, 10 de julho.

Este programa é particularmente direcionado para startups em early stage que apresentem projetos relacionados com as redes sociais, criação de conteúdos, visualização e tratamento de dados, realidade virtual ou inteligência artificial.

De todas as candidaturas apresentadas até dia 17 de setembro, serão escolhidas cerca de 15 ideias para uma batalha inicial: o pitch day, que está marcado para 24 de setembro. Desta dezena e meia, três a seis empresas serão escolhidas para o programa de aceleração, que se estenderá até 15 de abril do próximo ano.

Até essa data, os projetos passarão por diferentes fases: mentoria, networking, provas de conceito e investimento. Apesar de recusar avançar o montante previsto, o líder do WPP Booster adianta que há abertura da parte do grupo para investir nos projetos com maior potencial. “Se encontrarmos um projeto muito interessante, vamos investir. [O valor] claramente depende do potencial da empresa”, sublinhou Tim Solomon, em declarações aos jornalistas, esta manhã, no evento de apresentação da iniciativa.

No final nesta estrada de seis meses, está marcado um Demo Day, no qual os projetos finais vão ser apresentados a membros do grupo WPP e a eventuais investidores.

Entre as vantagens de participar no WPP Booster, a empresa destaca ainda o acesso à sua carteira de clientes em Portugal, bem como ao espaço de co-working criado no seio do edifício do grupo e, consequentemente, aos eventos que se realizam no rooftop desse prédio.

“Só Portugal, um país de criativos e empreendedores, poderia ser o destino perfeito para implementar [o WPP Booster]”, salienta Tim Solomon. “Acreditamos que vamos contribuir de forma efetiva para aproximar as marcas da inovação tecnológica das startups que compõem o tecido empreendedor nacional”, acrescenta o diretor executivo da Startup Lisboa.

Quanto vale uma notícia? Contribua para o jornalismo económico independente

Quanto vale uma notícia para si? E várias? O ECO foi citado em meios internacionais como o New York Times e a Reuters por causa da notícia da suspensão de António Mexia e João Manso Neto na EDP, mas também foi o ECO a revelar a demissão de Mário Centeno e o acordo entre o Governo e os privados na TAP. E foi no ECO que leu, em primeira mão, a proposta de plano de recuperação económica de António Costa Silva.

O jornalismo faz-se, em primeiro lugar, de notícias. Isso exige investimento de capital dos acionistas, investimento comercial dos anunciantes, mas também de si, caro leitor. A sua contribuição individual é relevante.

De que forma pode contribuir para a sustentabilidade do ECO? Na homepage do ECO, em desktop, tem um botão de acesso à página de contribuições no canto superior direito. Se aceder ao site em mobile, abra a 'bolacha' e tem acesso imediato ao botão 'Contribua'. Ou no fim de cada notícia tem uma caixa com os passos a seguir. Contribuições de 5€, 10€, 20€ ou 50€ ou um valor à sua escolha a partir de 100 euros. É seguro, é simples e é rápido. A sua contribuição é bem-vinda.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

Ideias para revolucionar comunicação? WPP e Startup Lisboa lançam programa de aceleração

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião