Revista de imprensa internacional

  • Marta Santos Silva e Rita Atalaia
  • 12 Julho 2018

Donald Trump quer que a NATO duplique o objetivo de despesas em Defesa, May desiste de manter a City perto da UE, as vendas mundiais da PSA batem recordes, e outras notícias da atualidade no mundo.

Donald Trump quer que os países da NATO dupliquem a meta para a despesa militar, numa cimeira que vai ser marcada por vários temas quentes, nomeadamente a questão migratória. No Reino Unido, o Governo de Theresa May admite vir a perder o acesso que tem atualmente aos serviços financeiros da União Europeia, e vice-versa. Entre as empresas, as vendas da fabricante automóvel PSA atingiram um novo recorde, enquanto o dono da Zara se prepara para comprar um edifício em Londres por 680 milhões de euros.

The Wall Street Journal

Trump quer que países da NATO dupliquem meta para despesa militar

O presidente dos EUA, Donald Trump, propôs que os membros da NATO consagrem 4% do Produto Interno Bruto (PIB) a despesas em Defesa até 2024, ao contrário dos 2% acordados na cimeira de Gales de 2014. “Durante a sessão de hoje da cimeira da NATO, o presidente sugeriu que os países não só cumpram o compromisso de destinar 2% do seu PIB a gastos com Defesa, mas que o elevem a 4%”, indicou aos jornalistas em Bruxelas a porta-voz da Casa Branca. Leia a notícia completa no The Wall Street Journal. (Conteúdo em inglês / Acesso condicionado)

Financial Times

May conclui que não vai conseguir manter City na UE

A primeira-ministra britânica deixou cair os planos para manter uma relação próxima com a União Europeia em termos dos serviços financeiros, depois da saída do Reino Unido do bloco. O Governo aceitou que o novo quadro de cooperação, incluindo serviços financeiros, significa que o “Reino Unido e a UE não terão o acesso que têm agora aos mercados uns dos outros”. Leia a notícia completa no Financial Times (Conteúdo em inglês / Acesso condicionado).

Les Échos

Vendas mundiais da PSA atingem nível histórico

A fabricante francesa vendeu 2,18 milhões de veículos a nível mundial nos primeiros seis meses do ano. Um máximo histórico para a PSA e que representa um aumento de 38,1%. Este crescimento deve-se sobretudo às marcas Opel e Vauxhall, cujas vendas aumentaram em 571.832 carros no primeiro semestre. Leia a notícia completa no Les Échos (Conteúdo em francês / Acesso condicionado).

Le Monde

União Europeia discute questão migratória

Os 28 países da NATO vão estar hoje reunidos. Em cima da mesa estarão temas menos fraturantes, como a adaptação da estrutura de comandos da NATO, a luta contra o terrorismo, a defesa cibernética, ou a adesão à Aliança da República da Macedónia do Norte. E outros mais polémicos, como a questão da partilha de custos e responsabilidades entre os Aliados e a questão migratória. Leia a notícia completa no Le Monde (Conteúdo em francês / Acesso condicionado).

El Economista

Dono da Zara compra edifício em Londres por 680 milhões

Amancio Ortega, fundador de Inditex, continua a apostar no mercado imobiliário. Comprou à Blackstone um edifício no centro de Londres, conhecido por ser a sede de várias empresas como é o caso da revista The Economist e do Spotify. A operação vai custar 680 milhões de euros ao dono da Zara. Leia a notícia completa no El Economista (Conteúdo em espanhol / Acesso condicionado).

Quanto vale uma notícia? Contribua para o jornalismo económico independente

Quanto vale uma notícia para si? E várias? O ECO foi citado em meios internacionais como o New York Times e a Reuters por causa da notícia da suspensão de António Mexia e João Manso Neto na EDP, mas também foi o ECO a revelar a demissão de Mário Centeno e o acordo entre o Governo e os privados na TAP. E foi no ECO que leu, em primeira mão, a proposta de plano de recuperação económica de António Costa Silva.

O jornalismo faz-se, em primeiro lugar, de notícias. Isso exige investimento de capital dos acionistas, investimento comercial dos anunciantes, mas também de si, caro leitor. A sua contribuição individual é relevante.

De que forma pode contribuir para a sustentabilidade do ECO? Na homepage do ECO, em desktop, tem um botão de acesso à página de contribuições no canto superior direito. Se aceder ao site em mobile, abra a 'bolacha' e tem acesso imediato ao botão 'Contribua'. Ou no fim de cada notícia tem uma caixa com os passos a seguir. Contribuições de 5€, 10€, 20€ ou 50€ ou um valor à sua escolha a partir de 100 euros. É seguro, é simples e é rápido. A sua contribuição é bem-vinda.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

Revista de imprensa internacional

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião