Inteligência artificial chegou aos hotéis. Startup portuguesa HiJiffy consegue mais de 300 mil euros em investimentos

  • ECO
  • 17 Julho 2018

A startup portuguesa criou um chatbot que interage, através do Messenger do Facebook, com os clientes de hotéis, e já está presente em nove países.

A startup portuguesa de inteligência artificial HiJiffy fechou uma ronda de financiamento de 300 mil euros, na qual participaram a Mobile World Capital e a NUMA. A empresa desenvolveu um chatbot que interage, através do Messenger do Facebook, com os clientes de hotéis, gerindo reservas e serviços.

Criada em 2016, a HiJiffy conta com clientes em nove países, mas está por enquanto focada nos mercados português e espanhol, e em zonas onde existem hotéis mais direcionados para férias. Sediada em Lisboa, têm já clientes como o PortoBay e a Uniplaces, mas a startup quer entrar em grandes mercados turísticos como França e Itália.

É comum os hotéis terem uma área de apoio ao cliente, mas a “grande diferença é que tudo isto acontece num chat dentro do website do hotel, onde os hóspedes têm resposta às suas perguntas de forma instantânea, sem a intervenção de um agente“, explica Tiago Araújo, cofundador da HiJiffy, citado em comunicado.

No ano passado, a equipa juntou-se ao FB Start Program, um canal de relação direta com o Facebook Messenger Product Team, para melhorar as soluções de chat no setor hoteleiro. Utilizam também a ferramenta de chat do Facebook para comunicar com os clientes.

É assim que funciona o chatbot da HiJiffy.HiJiffy

A HiJiffy “facilita o trabalho dos agentes de apoio ao cliente, na medida em que pergunta toda a informação necessária para que, caso seja necessário, a intervenção seja o mais eficiente possível e sem repetições”, continua Tiago Araújo.

Em setembro de 2017, fizeram um teste piloto num dos hotéis Mariott, em Londres, onde implementaram o primeiro chatbot numa propriedade Marriott. Para Tiago Araújo, “a experiência foi transformadora”.

Segundo a startup, esta solução aumenta a receita do hotel com reservas diretas, e cria um canal de comunicação disponível a qualquer hora. De acordo com os dados dos últimos seis meses, foram feitas pela HiJiffy mais de 200 reservas diretas, e tiveram mais de 1,5 milhões de interações no Messenger, com 77% das respostas automatizadas.

A startup conseguiu atingir, em junho de 2018, um total de 280 000 euros em reservas através do chat.

Apoie o jornalismo económico independente. Contribua

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso. O acesso às notícias do ECO é (ainda) livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo rigoroso e credível, mas não só. É continuar a informar apesar do confinamento, é continuar a escrutinar as decisões políticas quando tudo parece descontrolado.

Introduza um valor

Valor mínimo 5€. Após confirmação será gerada uma referência Multibanco.

Comentários ({{ total }})

Inteligência artificial chegou aos hotéis. Startup portuguesa HiJiffy consegue mais de 300 mil euros em investimentos

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião