Robôs vão substituir os humanos? Também vão ajudar a criar empregos

De acordo com o estudo da PwC, os setores do transporte e da indústria serão os mais afetados. Em meados de 2030, 30% deverão ser substituídos por robôs.

São vários os especialistas que defendem que, mais tarde ou mais cedo, os humanos serão substituídos por robôs no mundo do trabalho. Para tirar esta questão a limpo, a consultora PwC realizou um estudo, analisando 29 países, onde concluiu que haverá um equilíbrio, ou seja, a Inteligência Artificial (AI) substituirá alguns empregos em determinados setores mas, em contrapartida, ajudará a criar outros tantos.

Bill Gates e Elon Musk são dois dos muitos nomes que acreditam que o mercado laboral será dominado pela robótica. Mas, do lado da PwC, não passarão de suposições. De acordo com o estudo realizado pela consultora, citado pelo Business Insider (conteúdo em inglês), os robôs substituirão os humanos em certos empregos, especialmente nos setores dos transportes (38%) e da indústria (30%). Mas, em contrapartida, noutros setores ajudarão a criar emprego, possibilitando um equilíbrio, como por exemplo na saúde, prevê o estudo.

“A IA, a robótica e outras formas de automação inteligente têm o potencial de trazer grandes benefícios económicos, contribuindo com até 15 biliões de dólares (12,8 biliões de euros) para o PIB mundial até 2030“, lê-se nas conclusões. “Essa riqueza extra também impulsionará a procura por muitos empregos, não esquecendo que também poderá substituir muitos outros existentes”.

Até ao início de 2020, a PwC espera que sejam substituídos 3% dos empregos existentes atualmente, podendo esta percentagem aumentar à medida que as tecnologias vão sendo aperfeiçoadas. Em meados de 2030, esse número sobe para 30%, sendo os homens os mais afetados a longo prazo à medida que novas máquinas vão substituindo as tarefas manuais.

Ainda de acordo com um relatório publicado no início do ano pela Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico (OCDE), apenas 14% dos empregos nos países-membros estavam em risco de automação. Mas, ambas as entidades concordam que os setores que mais irão beneficiar da Inteligência Artificial, ou correm menos riscos de automação, serão aqueles envolvem tarefas mais complexas e especializadas: educação, trabalho científico e técnico, e alojamento e restauração.

Por outro lado, os setores que correm mais riscos de serem dominados pela robótica são aqueles que envolvem tarefas administrativas repetitivas, tais como: finanças e seguros, retalho, construção, administração pública, transportes e indústria.

Comentários ({{ total }})

Robôs vão substituir os humanos? Também vão ajudar a criar empregos

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião