Novo Banco vende sede histórica do BES em Lisboa. Muda-se para as Amoreiras

  • ECO
  • 21 Julho 2018

Novo Banco vai vender 11 edifícios na zona da Grande Lisboa, incluindo a sede histórica do BES. E muda-se para megassede a construir na Amoreiras onde concentrará todos os serviços e departamentos.

Sede do Novo Banco, na Avenida da Liberdade.Paula Nunes/ECO

O Novo Banco vai vender a histórica sede do BES na Avenida da Liberdade, em Lisboa, num negócio que inclui a venda de 11 edifícios localizados na área da grande Lisboa para financiar a construção de uma mega projeto imobiliário nas Amoreiras, onde será construída a megassede do banco detido pelos americanos do Lone Star (75%) e Estado (25%).

Segundo avançam Público e Expresso, o conjunto de imóveis já está à venda. E entre eles está o edifício histórico do Grupo Espírito Santo, na Avenida da Liberdade, e onde há mais de 60 anos se instalou a sede do antigo BES — hoje em dia Novo Banco, após a resolução de agosto de 2014.

Com isto, o Novo Banco vai mudar-se para a zona das Amoreiras, onde já detém um terreno de 130 mil metros quadrados (que era da promotora imobiliária Temple, de Vasco Pereira Coutinho, que entrou em insolvência). Além da sede, que vai concentrar todos os serviços e departamentos (metade dos seus trabalhadores a nível nacional, diz o Expresso), está ainda prevista a construção de uma zona residencial e de comércio — que vai ocupar grande parte daquele terreno.

O projeto poderá custar entre 100 milhões de euros e 120 milhões de euros e será financiado pelo encaixe que o banco vai fazer com a venda dos 11 edifícios que estão à venda. Por exemplo, só a sede, situada na esquina da Avenida da Liberdade com a Rua Barata Salgueiro, poderá valer 50 milhões de euros, disseram fontes do mercado ao Expresso.

Com esta decisão de concentrar serviços e departamentos num só edifício, o Novo Banco espera vir a alcançar ganhos operacionais entre oito e dez milhões de euros. “O tema está em aberto e ainda em estudo, há várias hipóteses em cima da mesa”, afirmaram fontes do banco aos dois jornais.

Vários bancos estão também a vender edifícios nas zonas mais nobres da cidade. Ainda esta semana foi anunciado que o BPI encaixou 66 milhões de euros por um conjunto de imóveis na Baixa de Lisboa. Também o BCP vendeu recentemente o seu edifício na Rua do Ouro ao Sana Hotels.

Sede do Novo Banco muda-se para as Amoreiras

Contribua. A sua contribuição faz a diferença

Precisamos de si, caro leitor, e nunca precisamos tanto como hoje para cumprir a nossa missão. Que nos visite. Que leia as nossas notícias, que partilhe e comente, que sugira, que critique quando for caso disso. A contribuição dos leitores é essencial para preservar o maior dos valores, a independência, sem a qual não existe jornalismo livre, que escrutine, que informe, que seja útil.

A queda abrupta das receitas de publicidade por causa da pandemia do novo coronavírus e das suas consequências económicas torna a nossa capacidade de investimento em jornalismo de qualidade ainda mais exigente.

É por isso que vamos precisar também de si, caro leitor, para garantir que o ECO é económica e financeiramente sustentável e independente, condições para continuar a fazer jornalismo rigoroso, credível, útil à sua decisão.

De que forma? Contribua, e integre a Comunidade ECO. A sua contribuição faz a diferença,

Ao contribuir, está a apoiar o ECO e o jornalismo económico.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

Novo Banco vende sede histórica do BES em Lisboa. Muda-se para as Amoreiras

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião