Science4you chega a mais quatro países na Ásia, América do Sul e Oceania

  • ECO
  • 26 Julho 2018

As exportações da empresa portuguesa representaram no último ano mais de 70% do valor total faturado pelo grupo. No primeiro semestre deste ano, as vendas para fora atingiram os 3,5 milhões de euros.

As crianças na Malásia, Peru, Chile e Nova Zelândia vão agora poder brincar e aprender com a Science4you. A empresa portuguesa que desenvolve, produz e comercializa brinquedos educativos anunciou que vai passar a exportar para estes quatro novos países.

Na lista há mais de quarenta países para onde a empresa de brinquedos exporta regularmente, e que representaram no último ano mais de 70% do valor total faturado pelo grupo.

“A entrada da Science4you nestes quatro novos países reforça a presença mundial. A expansão em países da Ásia e no mercado da América do Sul não está ainda tão desenvolvida quando comparado, por exemplo, com a nossa presença na Europa, onde vendemos em todos os países”, explica Miguel Pina Martins, fundador e CEO da Science4you, citado em comunicado.

No primeiro semestre de 2018, a Science4you registou nos mercados externos cerca de 3,5 milhões de euros com a venda de brinquedos educativos desenhados para suscitar o interessa dos mais novos por várias áreas científicas, como a Química, a Física, a Geologia e a Astronomia.

"Estes novos acordos são um importante passo para dinamizar a nossa oferta educativa nestes mercados e continuar a crescer.”

Miguel Pina Martins

A empresa celebrou uma década este ano, desde que começou como um projeto universitário, e já fatura mais de 20 milhões. Tem escritórios em Lisboa e no Porto, e filiais em Madrid e Londres.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Science4you chega a mais quatro países na Ásia, América do Sul e Oceania

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião