CDS acusa o Bloco de Esquerda de “incoerência”

O deputado do CDS-PP, João Gonçalves Pereira, criticou também Medina por fazer uma "renovação barata do acordo" com o BE.

O CDS teceu críticas ao Bloco de Esquerda, acusando-os de “incoerência”, na sequência das notícias sobre o envolvimento dos membros do partido bloquista, Ricardo Robles e Catarina Martins, em negócios imobiliários.

Perdeu-se completamente a vergonha e isso mina a atividade política“, afirmou João Gonçalves Pereira, deputado e vereador do CDS-PP, à TSF (acesso livre). Esta foi a reação à notícia do ECO, de que Catarina Martins detém uma posição numa empresa de alojamento local, no interior do país.

“Catarina Martins e o Bloco de Esquerda vão ter muitas dificuldades, nos próximos anos, em falar em matérias políticas de habitação, porque não têm moral para o fazer”, disse João Gonçalves Pereira à estação de rádio.

Para além disso, o CDS aponta também o dedo a Fernando Medina, que disse que apesar da demissão do vereador Ricardo Robles, o acordo que a câmara municipal mantinha com o Bloco de Esquerda permanece inalterado.

Para o deputado do CDS-PP, o presidente da Câmara de Lisboa está a fazer uma “renovação barata do acordo”, ao aproveitar-se do momento em que entra o novo vereador do Bloco de Esquerda, Manuel Grilo, “que não tem o peso político que tinha Ricardo Robles”.

A reação do CDS vem depois da líder do partido, Assunção Cristas, se recusar a comentar a situação, por ser uma “deselegância institucional” para com o Presidente da República, quando foi discutir o Orçamento do Estado de 2019.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

CDS acusa o Bloco de Esquerda de “incoerência”

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião