Americanos da GreenWood passam a deter 5% dos CTT

  • Marta Santos Silva
  • 17 Agosto 2018

A GreenWood Investors reforçou a sua participação nos CTT para os 5% de participação. No final do mês de julho os CTT anunciaram que os seus lucros tinham caído 65% e foram castigados em bolsa.

Os norte-americanos da GreenWood Investors reforçaram a participação nos CTT. A gestora de investimento passa a deter 5% dos CTT, comunicou a empresa à Comissão de Mercado de Valores Mobiliários (CMVM) esta sexta-feira.

De acordo com o comunicado dos CTT, a GreenWood Investors detinha anteriormente 2,32%, e passa agora a ter uma participação de 5%, com uma percentagem igual de direitos de voto.

A 31 de julho, os CTT apresentaram resultados negativos, assinalando uma quebra no resultado líquido de cerca de 65% para os 6,3 milhões de euros. Após a apresentação desta queda nos lucros as ações dos CTT derraparam quase 3% na bolsa de Lisboa.

A queda dos lucros foi justificada pela “quebra de tráfego de correio endereçado” de 7,9% no primeiro semestre de 2018, mas aumento das receitas com o “efeito conjugado”, ou seja, “um crescimento do tráfego do correio internacional de chegada e menor queda do correio registado”.

Apesar destes fatores, o que mais pesou nos resultados da empresa dos Correios foram as indemnizações pagas aos trabalhadores: os CTT pagaram 13,7 milhões de euros pelas rescisões contratuais, que representam um custo não recorrente.

Comentários ({{ total }})

Americanos da GreenWood passam a deter 5% dos CTT

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião