Um em cada três portugueses tem uma conta poupança

Os portugueses estão mais preocupados com a poupança, no primeiro semestre deste ano. 33,7% dos residentes no continente possuem uma conta deste tipo, contra 31,6% no ano anterior.

Tem uma conta poupança? Se sim, faz parte dos 2,6 milhões de portugueses que possuem uma ou mais destas contas, durante os primeiros seis meses do ano, numa subida em relação ao mesmo período do ano anterior. Ou seja, um em cada três portugueses poupa através de uma conta bancária.

Segundo o estudo Basef Banca da Marktest, entre janeiro e junho de 2018 foram contabilizados 2,59 milhões de portugueses possuidores de contas poupança. Este valor corresponde a 33,7% do universo, que é composto pelos residentes no continente com 15 e mais anos, que possuem conta bancária e que identificam os bancos onde possuem conta. No primeiro semestre de 2017 eram 2,3 milhões.

A quantidade de portugueses que têm uma conta deste tipo atingiu a percentagem mais elevada em 2014. Já no ano passado, foi a mais baixa, de 31,5%. Mesmo assim, segundo outro estudo do grupo para 2017, 1,43 milhões de indivíduos afirmaram ter poupado mais ou o mesmo que no ano anterior, a taxa mais elevada dos últimos 15 anos. Estes dados podem revelar que os portugueses poupam sem recorrer a contas poupança.

No primeiro semestre deste ano está a registar-se uma recuperação da percentagem de pessoas que têm uma destas contas. Tendo em vista o futuro, os jovens entre os 15 e os 24 anos são os que mais possuem uma conta poupança, representando 43,1% do total. A maior parte dos titulares destas poupança são de classe alta ou média alta, já que essas também são as que apresentam maior taxa, de 46%. As classes média baixa e baixa são titulares de 27,7% das contas.

Se formos a comparar com os outros países europeus, Portugal teve a mais baixa taxa de poupança entre os membros da União Europeia, no primeiro trimestre do ano. De acordo com dados do Eurostat, as famílias dedicaram apenas 4% dos rendimentos para esse fim.

Contribua. A sua contribuição faz a diferença

Precisamos de si, caro leitor, e nunca precisamos tanto como hoje para cumprir a nossa missão. Que nos visite. Que leia as nossas notícias, que partilhe e comente, que sugira, que critique quando for caso disso. A contribuição dos leitores é essencial para preservar o maior dos valores, a independência, sem a qual não existe jornalismo livre, que escrutine, que informe, que seja útil.

A queda abrupta das receitas de publicidade por causa da pandemia do novo coronavírus e das suas consequências económicas torna a nossa capacidade de investimento em jornalismo de qualidade ainda mais exigente.

É por isso que vamos precisar também de si, caro leitor, para garantir que o ECO é económica e financeiramente sustentável e independente, condições para continuar a fazer jornalismo rigoroso, credível, útil à sua decisão.

De que forma? Contribua, e integre a Comunidade ECO. A sua contribuição faz a diferença,

Ao contribuir, está a apoiar o ECO e o jornalismo económico.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

Um em cada três portugueses tem uma conta poupança

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião