Costa ganha no Twitter e Cristas lidera no Facebook

  • Rita Frade
  • 26 Agosto 2018

De António Costa a Assunção Cristas, todos os líderes partidários fazem questão de marcar presença nas redes sociais. Mas há uns que têm maior número de seguidores do que outros.

Uns a título profissional, outros a título pessoal. Uns de forma mais ativa do que outros, mas todos os líderes partidários fazem questão de marcar presença nas redes sociais. Quem será que tem maior número de seguidores?

No Twitter, o primeiro lugar do pódio é ocupado por António Costa. O secretário-geral do Partido Socialista (PS) tem, neste momento, mais de 72 mil seguidores. Já no Facebook, o líder partidário com maior número de seguidores é Assunção Cristas. A presidente do CDS-PP conta já com mais de 79 mil “likes” na sua página oficial.

A medalha de prata, tanto no Twitter, como no Facebook, vai para Catarina Martins. A coordenadora do Bloco de Esquerda (BE) é a segunda líder partidária com mais seguidores nas redes sociais: no Facebook conta já com mais de 76 mil “likes” e no Twitter com mais de 63 mil seguidores.

No Facebook, o presidente do partido Pessoas-Animais-Natureza (PAN) ocupa o quarto lugar da lista dos líderes partidários com mais seguidores. Apesar de não ter conta de Twitter, André Silva tem mais de 10 mil “likes” na rede social liderada por Mark Zuckerberg.

Ainda no Facebook, segue-se Jerónimo de Sousa. O secretário-geral do Partido Comunista Português (PCP) tem mais de mil “likes”, ocupando, por isso, o quinto lugar da tabela. Tal como André Silva, Jerónimo de Sousa também não tem conta de Twitter.

A líder parlamentar do Partido Ecologista “Os Verdes” (PEV) é aquela que tem menos seguidores nas redes sociais. Até ao momento em que foram recolhidos os dados, Heloísa Apolónia tinha apenas 292 “likes” na sua página de Facebook e 98 seguidores no Twitter.

E Rui Rio? O presidente do Partido Social Democrata (PSD) não tem uma página de Facebook, mas, pelo menos, 23, isto sem contar com o seu perfil pessoal. Tratam-se, sobretudo, de páginas de apoio ao presidente do PSD e não páginas da sua autoria e, por isso, não foram contabilizadas na nossa lista de líderes partidários com mais seguidores.

No Twitter, o feito repete-se: são, pelo menos, cinco o número de contas criadas para apoiar o presidente do PSD.

Mas, por que será que António Costa, por exemplo, tem mais seguidores no Twitter do que no Facebook? Ao ECO, o diretor executivo do IPAM (Instituto Português de Administração de Marketing), Daniel Sá, diz que tal poderá acontecer por três motivos: “depende da frequência com que cada um dos políticos utiliza cada uma das plataformas, depende do conteúdo e depende do estilo“. No fundo, “é a combinação destas três coisas que faz com que haja mais ou menos seguidores“, acrescenta Daniel Sá.

Para a elaboração deste artigo foram tidas em conta as várias contas de Facebook e de Twitter dos diferentes líderes partidários, no período de 13 a 16 de agosto de 2018.

A lista completa:

Facebook

  1. Assunção Cristas – 79.879 “likes”
  2. Catarina Martins – 76.390 “likes”
  3. António Costa – 52.761 “likes”
  4. André Silva – 10.452 “likes”
  5. Jerónimo de Sousa – 1.951 “likes”
  6. Heloísa Apolónia – 292 “likes”

Twitter*

  1. António Costa – 72.181 seguidores
  2. Catarina Martins – 63.404 seguidores
  3. Assunção Cristas – 1.571 seguidores
  4. Heloísa Apolónia – 98 seguidores

*André Silva, presidente do PAN, e Jerónimo de Sousa, secretário-geral do PCP, não têm contas de Twitter.

Quanto vale uma notícia? Contribua para o jornalismo económico independente

Quanto vale uma notícia para si? E várias? O ECO foi citado em meios internacionais como o New York Times e a Reuters por causa da notícia da suspensão de António Mexia e João Manso Neto na EDP, mas também foi o ECO a revelar a demissão de Mário Centeno e o acordo entre o Governo e os privados na TAP. E foi no ECO que leu, em primeira mão, a proposta de plano de recuperação económica de António Costa Silva.

O jornalismo faz-se, em primeiro lugar, de notícias. Isso exige investimento de capital dos acionistas, investimento comercial dos anunciantes, mas também de si, caro leitor. A sua contribuição individual é relevante.

De que forma pode contribuir para a sustentabilidade do ECO? Na homepage do ECO, em desktop, tem um botão de acesso à página de contribuições no canto superior direito. Se aceder ao site em mobile, abra a 'bolacha' e tem acesso imediato ao botão 'Contribua'. Ou no fim de cada notícia tem uma caixa com os passos a seguir. Contribuições de 5€, 10€, 20€ ou 50€ ou um valor à sua escolha a partir de 100 euros. É seguro, é simples e é rápido. A sua contribuição é bem-vinda.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

Costa ganha no Twitter e Cristas lidera no Facebook

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião