Varandas toma posse e promete virar a página e unir o Sporting

O 43.º presidente do Sporting tomou posse esta tarde e disse queo clube começou a vencer o adversário mais terrível da sua história -- o Sportig fraturado.

Frederico Varandas tomou posse este domingo como 43.º presidente do Sporting um dia depois de uma eleição histórica no clube de Alvalade. No discurso, o novo responsável frisou que chegou o momento de o clube “virar a página” e que já começou a vencer o adversário mais terrível da sua história — o Sporting fraturado.

“A minha grande prioridade é unir o Sporting. Ontem começámos a vencer o adversário mais terrível que tivemos em toda a nossa a história: o Sporting fraturado. Ontem já começámos a vencer. Hoje é um novo dia e uma nova era de um Sporting unido”, disse Frederico Varandas, num discurso transmitido pela TVI24.

A minha grande prioridade é unir o Sporting. Ontem começámos a vencer o adversário mais terrível que tivemos em toda a nossa a história: o Sporting fraturado. Ontem já começámos a vencer.

Frederico Varandas

Presidente do Sporting

Frederico Varandas, que venceu este sábado as eleições do Sporting que tiveram a maior afluência de sempre, com 42,32% dos votos defendeu que é o momento de “virar a página” e que o “o passado ficou para trás”. “Só acredito num Sporting forte e unido”, sublinhou o novo presidente do clube que no dia anterior terminou o discurso da vitória com a promessa de que o Sporting ganhar o campeonato nacional ao longo do seu mandato.

A tomada de posse foi feita ao final da tarde de domingo ao contrário do que tinha sido anunciado pelo presidente da Mesa da Assembleia-Geral Jaime Marta Soares, que tinha anunciado a tomada de posse na segunda-feira. Marta Soares passou o testemunho a Rogério Alves que deixou uma palavra aos sportinguistas agradecendo o facto de “darem a primeira garantia de que o lema da candidatura, ‘Unir o Sporting’, vai ser a divisa” do Clube.

Esta união é o que os sportinguistas querem”, diz Rogério Alves. “Estamos a viver o primeiro dia da nossa vida”, concluiu o novo presidente da Mesa da Assembleia Geral.

(Notícia atualizada às 20:48)

Quanto vale uma notícia? Contribua para o jornalismo económico independente

Quanto vale uma notícia para si? E várias? O ECO foi citado em meios internacionais como o New York Times e a Reuters por causa da notícia da suspensão de António Mexia e João Manso Neto na EDP, mas também foi o ECO a revelar a demissão de Mário Centeno e o acordo entre o Governo e os privados na TAP. E foi no ECO que leu, em primeira mão, a proposta de plano de recuperação económica de António Costa Silva.

O jornalismo faz-se, em primeiro lugar, de notícias. Isso exige investimento de capital dos acionistas, investimento comercial dos anunciantes, mas também de si, caro leitor. A sua contribuição individual é relevante.

De que forma pode contribuir para a sustentabilidade do ECO? Na homepage do ECO, em desktop, tem um botão de acesso à página de contribuições no canto superior direito. Se aceder ao site em mobile, abra a 'bolacha' e tem acesso imediato ao botão 'Contribua'. Ou no fim de cada notícia tem uma caixa com os passos a seguir. Contribuições de 5€, 10€, 20€ ou 50€ ou um valor à sua escolha a partir de 100 euros. É seguro, é simples e é rápido. A sua contribuição é bem-vinda.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

Varandas toma posse e promete virar a página e unir o Sporting

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião