PSI-20 abre em alta ligeira com ajuda do BCP

  • Marta Santos Silva
  • 13 Setembro 2018

A bolsa de Lisboa começou a quinta-feira a subir ligeiramente, tendência semelhante à das praças europeias. Com a Mota-Engil e a Jerónimo Martins a perder, BCP e EDP puxam para cima.

Lisboa começa a quinta-feira com uma ligeira subida, impulsionada por cotadas como o BCP, a EDP e a Sonae, mas com pesos pesados como a Mota Engil e a Jerónimo Martins do lado vermelho da moeda. O PSI-20 ganhava 0,1% ao início da sessão.

A Mota Engil era a cotada que mais desvalorizava na bolsa de Lisboa, chegando a perder 1,6% no princípio do dia — a construtora caía 1,58% para os 2,18 euros. Do lado vermelho, a pressionar o índice de referência nacional, estava também a Galp, que ontem teve ganhos significativos graças ao petróleo mas que hoje, com o barril de crude a desvalorizar, corrige com uma ligeira descida de 0,2%.

Do lado dos ganhos, o PSI-20 conta com a ajuda da EDP, a subir ligeiramente, e também do BCP. O banco ganha mais de meio por cento para os 24,24 cêntimos esta manhã, enquanto a Sonae quase lidera o quadro dos ganhos: valoriza 2,14% para os 90,8 cêntimos. Só é ultrapassada pela Nos, que esta quinta-feira ganha quase 3%.

Na Europa, o quadro é de ligeira alta também. O índice de referência Stoxx 600 ganha 0,2% com a ajuda das decisões que se aproximam do lado do Banco Central Europeu. Os investidores estão hesitantes perante a reunião desta tarde da entidade liderada por Mario Draghi, que poderá anunciar mais cortes no programa de compras, assim como uma do Banco de Inglaterra que também se verifica hoje e pode trazer atualizações sobre o processo do Brexit.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

PSI-20 abre em alta ligeira com ajuda do BCP

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião