WhatsApp vai deixar de funcionar nos iPhones mais antigos

O WhatasApp vai deixar de suportar modelos mais antigos do iPhone, que ainda tenham a sétima versão do iOS. Se ainda tem um iPhone 4 de 2010 e precisa desta app, prepare-se para mudar de telemóvel.

Se ainda tem um iPhone 4, vai deixar de poder usar algumas das funcionalidades do WhatsApp. A aplicação de mensagens detida pelo Facebook anunciou que já não inclui suporte para o iOS 7, pelo que o serviço vai deixar de funcionar em alguns modelos mais antigos do telemóvel da Apple.

A atualização vai acontecer em duas fases. E a primeira fase já está concluída: se tem um iPhone mais antigo, com o iOS 7, já não vai poder criar uma conta nova no WhatsApp. E, se desinstalar o serviço, já não será capaz de o voltar a instalar. No entanto, a empresa continuará a permitir que se use a aplicação nestes modelos até 1 de fevereiro de 2020.

Esta é uma alteração que deverá afetar um número restrito de utilizadores. O iPhone 4 foi lançado em 2010 e, à medida que os anos vão passando e as empresas vão pondo novos modelos no mercado, as aplicações vão ficando cada vez mais exigentes ao nível dos recursos do equipamento. Além disso, com as fabricantes a deixarem de dar suporte aos sistemas mais antigos, as aplicações seguem o mesmo caminho, até porque existem riscos e vulnerabilidades associadas.

“O WhatsApp para o iPhone requer o iOS 8 ou [versão] posterior. No iOS 7.1.2, já não é possível criar contas novas ou verificar contas existentes. Se o WhatsApp está atualmente ativo no seu dispositivo com iOS 7.1.2, continuará a poder usá-lo até 1 de fevereiro de 2020. O iOS 6 ou os sistemas anteriores já não são suportados [pelo WhatsApp]”, lê-se numa nota da empresa.

Alguns jornais estrangeiros estão a avançar que a empresa tem na calha outras novidades para anunciar em breve. Entre elas, a possibilidade de as notificações integrarem imagens na mais recente versão do Android, ou um modo escuro para melhorar a visibilidade da aplicação em ambientes de pouca luz.

O serviço de mensagens WhatsApp conta com aplicações móveis para iPhones e telemóveis com o sistema Android, fabricados por outras marcas. Em dezembro de 2017, cerca de 1,5 mil milhões de pessoas usavam a aplicação mensalmente. É considerada a aplicação de mensagens mais popular em todo o mundo.

Quanto vale uma notícia? Contribua para o jornalismo económico independente

Quanto vale uma notícia para si? E várias? O ECO foi citado em meios internacionais como o New York Times e a Reuters por causa da notícia da suspensão de António Mexia e João Manso Neto na EDP, mas também foi o ECO a revelar a demissão de Mário Centeno e o acordo entre o Governo e os privados na TAP. E foi no ECO que leu, em primeira mão, a proposta de plano de recuperação económica de António Costa Silva.

O jornalismo faz-se, em primeiro lugar, de notícias. Isso exige investimento de capital dos acionistas, investimento comercial dos anunciantes, mas também de si, caro leitor. A sua contribuição individual é relevante.

De que forma pode contribuir para a sustentabilidade do ECO? Na homepage do ECO, em desktop, tem um botão de acesso à página de contribuições no canto superior direito. Se aceder ao site em mobile, abra a 'bolacha' e tem acesso imediato ao botão 'Contribua'. Ou no fim de cada notícia tem uma caixa com os passos a seguir. Contribuições de 5€, 10€, 20€ ou 50€ ou um valor à sua escolha a partir de 100 euros. É seguro, é simples e é rápido. A sua contribuição é bem-vinda.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

WhatsApp vai deixar de funcionar nos iPhones mais antigos

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião