Turismo acelera consumo de jet fuel em Portugal. Combustível para aviões bate recorde

Não é o gasóleo nem a gasolina. É mesmo o consumo de jet fuel, o combustível para aviões, que está a registar o maior aumento no mercado nacional. A culpa é do turismo.

Consome-se muito gasóleo, mas já se consumiu mais. Gasolina? A mesma coisa. Mas nunca se tinha consumido tanto combustível para avião como neste ano. Em julho, mês em que começam as férias, foi mesmo atingido um recorde no consumo deste derivado do petróleo no mercado nacional. Um recorde que voa à boleia dos muitos turistas que aterram e levantam voo dos aeroportos portugueses, especialmente do de Lisboa.

Foram consumidas 839.847 toneladas de combustível para avião este ano, de acordo com os dados da Entidade Nacional para o Mercado de Combustíveis (ENMC). Este número fica muito aquém dos 2,86 milhões de toneladas consumidas de gasóleo, no mesmo período, mas supera as 600 mil toneladas de gasolina, estando a diferença a acentuar-se. No ano passado, nos mesmos sete meses, foram consumidas 597 mil toneladas de gasolina contra as 770 mil de jet fuel.

Fonte: ENMC

Este tipo de combustível é aquele que está a apresentar a maior taxa de crescimento entre os vários produtos considerados pela ENMC. De um ano para o outro, aumentou 9,02%. A procura por gasóleo rodoviário registou um crescimento de 2,84%, em termos homólogos, já no caso da gasolina a procura ficou praticamente inalterada, evoluindo apenas 0,45%.

É um aumento expressivo que traduz o crescimento do turismo em Portugal. E ganha maior expressão quando se olha para os valores da procura mais recentes, os de julho, mês em que foram consumidos 153.522 toneladas deste combustível, um número recorde (os dados da ENMC só estão disponíveis até janeiro de 2012). Representa um aumento de 4,5% face ao mesmo mês do ano passado, superando mesmo os valores de agosto de 2017 (150,5 mil toneladas), mês de férias por excelência.

Estes dados da ENMC sobre o consumo de combustíveis, nomeadamente de jet fuel, mostram o bom momento que o setor do turismo está a atravessar. Dados da ANA, a gestora dos aeroportos de Portugal, suportam esta leitura, apontando para um aumento de 9% no número de passageiros nos aeroportos nacionais, isto apenas no primeiro semestre deste ano. Foram mais de 25 milhões de passageiros neste período.

O número de hóspedes na hotelaria nacional mostra que entre janeiro e junho houve um crescimento de 2,6%, com um total de 9,6 milhões de hóspedes, permitindo aumentar as receitas geradas pelo turismo. De acordo com os dados do Banco de Portugal, depois de receitas superiores a 15 mil milhões milhões de euros em 2017 — valor que colocou o país à frente da Grécia –, entre janeiro e junho deste ano o valor gerado pelo turismo ascende a 6,9 mil milhões de euros, mais 13,9% face ao período homólogo.

Comentários ({{ total }})

Turismo acelera consumo de jet fuel em Portugal. Combustível para aviões bate recorde

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião