BCP “perde” adversário na corrida ao SocGen na Polónia

  • ECO
  • 24 Setembro 2018

O Credit Agricole retirou-se da corrida ao negócio polaco do Société Générale, o Eurobank. O BCP ficou, assim, com apenas um adversário.

O BCP enfrenta menos concorrência na corrida à compra do negócio polaco do Société Générale, o Eurobank. O Credit Agricole desistiu da operação, de acordo com o Puls Biznesu, deixando o banco liderado por Miguel Maya mais perto de reforçar a posição num país em que detém o Bank Millennium.

Citando uma fonte não identificada, o jornal polaco revela que o banco francês desistiu com a crescente concorrência para a compra das operações do SocGen, depois da entrada do Alior, um banco estatal polaco, na corrida. Com a desistência do Credit Agricole ficam apenas dois interessados, refere a publicação, citada pela Reuters.

Apesar do Alior estar “em jogo”, o Puls Biznesu diz que o Bank Millennium está mais perto de conseguir concluir o negócio. O Eurobank é o 17.º maior banco da Polónia, com ativos a rondar os 14 mil milhões de zlotys (cerca de 3 mil milhões de euros).

O negócio polaco do SocGen, que no ano passado lucrou 103 milhões de zlotys, é 20 vezes mais pequeno que o Bank Millennium do BCP, que em julho começou a analisar as contas deste banco.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

BCP “perde” adversário na corrida ao SocGen na Polónia

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião