Hoje nas notícias: Imobiliário, turismo e Manuel Pinho

  • ECO
  • 24 Setembro 2018

Dos jornais aos sites, passando pelas rádios e televisões, leia as notícias que vão marcar o dia.

O mercado imobiliário português continua a florescer, com os preços dos imóveis usados a subir mesmo mais do que o das casas novas. Igual tendência positiva vive o turismo: no próximo ano, vão ser abertos mais de 40 hotéis. E no último ano e meio, quase que duplicou o número de estrangeiros a viver em Portugal. No aniversário da queda do Lehman Brothers, Nuno Amado reconhece que existe uma “perceção negativa” sobre os banqueiros. O Ministério Público suspeita que Manuel Pinho tenha lavado milhões de euros através dos perdões fiscais dos Governos de Sócrates e Pedro Passos Coelho.

Preços das casas usadas sobem o dobro das novas

Os preços das casas continuam a subir, apesar de o ritmo ter abrandado. Atingiram máximos, puxados pelos imóveis usados. O índice de preços das casas já existentes ascendeu aos 132,90 pontos, no segundo trimestre deste ano, registando-se um aumento de 12,6% nos valores de venda dos imóveis usados. No caso dos imóveis novos, o aumento foi de 6,3%, no mesmo período. Ou seja, os preços das casas usadas aumentaram o dobro dos imóveis novos.

Leia a notícia completa no Jornal de Negócios (acesso pago).

Quase duplicou número de estrangeiros a viver em Portugal

No último ano e meio, o número de estrangeiros que escolheram viver em Portugal quase duplicou. O número de residentes não habituais subiu, assim, 83% para 23.767. Destes, 1.500 são portugueses, que decidiram voltar ao país à boleia do estatuto em causa que oferece um regime fiscal especial. Além dos lusitanos, foram os franceses, ingleses e italianos aqueles que mais vieram para para Portugal.

Leia a notícia completa no Diário de Notícias (acesso livre).

“Existe uma perceção negativa sobre os banqueiros”

No aniversário da queda do Lehman Brothers, o chairman do Banco Comercial Português (BCP) reconhece que a crise afetou a credibilidade do setor financeiro a nível internacional. “Existe uma perceção negativa sobre a profissão de banqueiro. Talvez pelos nossos próprios erros e pela forma exagerada e incorreta como muitos atuaram no passado e, por vezes, até com falta de princípios”, sublinha Nuno Amado. Sobre a possibilidade de estar a caminho uma nova recessão, o gestor diz que “não está pessimista”, mas salienta: “Não é possível pensar em crescimento eterno ou em estabilidade eterna”.

Leia a notícia completa no Público (acesso pago).

Manuel Pinho suspeito de lavar milhões

O ex-ministro da Economia Manuel Pinho terá aderido a perdões fiscais dos Governos de José Sócrates e Pedro Passos Coelho para legalizar o dinheiro que lhe tinha sido pago pelo BES. Estas suspeitas levaram o Ministério Público a solicitar ao Banco de Portugal que enviasse ao Departamento Central de Investigação e Ação Penal cópias das eventuais adesões aos Regimes Excecionais de Regularização Tributária I, II e III deste antigo governante e da sua mulher. Entre 2002 e 2014, Pinho terá recebido do saco azul do GES mais de três milhões de euros.

Leia a notícia completa no Correio da Manhã (acesso livre).

Mais 44 hotéis em 2019

No próximo ano, deverão ser abertos mais 44 hotéis, em Portugal. Em causa, está um investimento que chega aos mil milhões de euros, avança a consultora imobiliária Worx. Lisboa, Centro, Porto e região Norte serão as regiões escolhidas para estas novas unidades hoteleiras. Recorde-se que, até julho, o número de hóspedes em Portugal atingiu um novo recorde, tendo tocado nos 11,7 milhões, daí o interesse dos investidores neste setor.

Leia a notícia completa no Dinheiro Vivo (acesso livre).

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Hoje nas notícias: Imobiliário, turismo e Manuel Pinho

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião