Orey passa de lucro a prejuízo de 3,34 milhões de euros

  • Lusa
  • 29 Setembro 2018

Nos primeiros seis meses do ano, o grupo Orey registou prejuízos de 3,34 milhões de euros, valor que compara com o lucro de 351 mil euros registado no período homólogo.

O Grupo Orey apresentou um prejuízo de 3,34 milhões de euros no primeiro semestre deste ano, valor que compara com um lucro de 351 mil euros registado no mesmo período do ano passado, foi comunicado ao mercado.

Num comunicado enviado na sexta-feira à noite à Comissão do Mercados de Valores Mobiliários (CMVM) pelo Grupo Orey pode ler-se que, “ao nível do resultado líquido, verifica-se que as unidades em continuação apresentam um resultado negativo de 422 mil euros no semestre”, face a um lucro de 375 mil euros do mesmo período do ano passado.

Já as unidades em descontinuação, das quais fazem parte a Orey Financial e o segmento de investimentos alternativos no Brasil, têm um impacto negativo de 2,92 milhões de euros, “essencialmente devido à depreciação do real brasileiro face ao euro, que impactou o valor de balanço destes ativos e passivos”.

No primeiro semestre deste ano, a Orey Financial apresentou um resultado líquido negativo de 167 mil euros. Os resultados do grupo “refletem, ainda assim, uma maior rentabilidade das operações (a margem bruta cresceu 3,5 pontos percentuais para 30,36% e os custos operacionais reduziram-se em 15,1% […], tendo esta melhoria de rentabilidade sido prejudicada pelo abrandamento das receitas globais ao nível do negócio de transportes e logística, quer na Península Ibérica quer em África”, segundo o comunicado.

As receitas operacionais totalizaram 29,25 milhões de euros no primeiro semestre, uma redução de 22,3% face ao mesmo período de 2017, equivalente a 8,40 milhões de euros.

Para esta descida contribuíram “principalmente as áreas de transportes e logística em Portugal e Espanha”, de acordo com o Grupo Orey.

Os custos operacionais reduziram-se em 15,1% para 6,28 milhões de euros, “continuando a refletir as melhorias obtidas com a execução do plano de reorganização e do esforço que o Grupo tem vindo a fazer ao nível da redução de custos desde início de 2016”.

O EBITDA (resultado antes de juros, impostos, amortizações e depreciações) baixou 1,0 milhões de euros para 1,6 milhões de euros, “uma vez que houve investimentos em custos não recorrentes (nomeadamente redução de pessoal) que deverão ser compensados por melhores resultados operacionais futuros à semelhança do que tem vindo a ser feito nos últimos dois anos”, lê-se no comunicado.

Recorde-se que o Conselho de Administração do grupo decidiu “focar a atividade da sociedade nas áreas de transportes e logística e serviços relacionados”, “sair do setor financeiro” e “adotar todas as medidas necessárias para alienar, com a brevidade possível, os ativos não operacionais, incluindo as responsabilidades com estes relacionadas”.

Estas decisões estão sujeitas à autorização do Banco de Portugal da alteração de tipologia da licença da Orey Financial de IFIC (Instituição Financeira de Crédito) para SC (Sociedade Corretora) e medidas relacionadas, nomeadamente a redução de capital e a autorização de venda do seu capital.

O grupo refere que existe uma proposta de compra para 100% do capital da entidade financeira do grupo, a Orey Financial, sem, contudo, avançar mais pormenores.

Apoie o jornalismo económico independente. Contribua

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso. O acesso às notícias do ECO é (ainda) livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo rigoroso e credível, mas não só. É continuar a informar apesar do confinamento, é continuar a escrutinar as decisões políticas quando tudo parece descontrolado.

Introduza um valor

Valor mínimo 5€. Após confirmação será gerada uma referência Multibanco.

Comentários ({{ total }})

Orey passa de lucro a prejuízo de 3,34 milhões de euros

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião