Team Genesis, da MLGTS, patrocina o Venture Summit

A equipa da Team Genesis da Morais Leitão, Galvão Teles, Soares da Silva e Associados, focada na assessoria a empresas emergentes, investidores e startups vai patrocinar o Venture Summit.

A equipa da Team Genesis da Morais Leitão, Galvão Teles, Soares da Silva & Associados (MLGTS) patrocina o Venture Summit, um evento que reúne os investidores mais influentes dos principais fundos internacionais,leadingangels, aceleradores e LP para um evento exclusivo de um dia.

Realizado na véspera do Web Summit, e de acesso reservado apenas a quem seja convidado, este dia será composto por palestras e discussões em mesas redondas que se traduzem numa oportunidade de partilhar experiências com algumas das pessoas que mais impulsionam a mudança no investimento.

Um dos objetivos é proporcionar a oportunidade de fazer networking entre os principais líderes tecnológicos, investidores e alguns dos mais proeminentes influenciadores do setor de inovação. Os investidores poderão também ter o contacto privilegiado com empreendedores e empresas emergentes – um momento essencial para a troca de impressões sobre a emergência de novas tecnologias e a sua influência nos modelos de negócios futuros.

A Team Genesis, da MLGTS, é um equipa multidisciplinar focada na assessoria jurídica a empresas emergentes e investidores, através do incentivo à promoção e ao desenvolvimento de empreendimentos, à escala global. Além disso, presta assessoria a investimento em startups com potencial de crescimento em escala e com modelos de negócio disruptivos. É composta por advogados especializados em diversas áreas do direito, com um know-how consolidado ao longo de mais de uma década.

No momento em que Lisboa está classificada, pelo PeoplePerHour Startup City Index, como a quarta melhor cidade, entre uma lista global de locais, para começar um negócio, o Venture vem reconhecer o crescimento não só da cidade, mas também do país, através dos avanços tecnológicos e do seu potencial a médio e longo prazo.

Quanto vale uma notícia? Contribua para o jornalismo económico independente

Quanto vale uma notícia para si? E várias? O ECO foi citado em meios internacionais como o New York Times e a Reuters por causa da notícia da suspensão de António Mexia e João Manso Neto na EDP, mas também foi o ECO a revelar a demissão de Mário Centeno e o acordo entre o Governo e os privados na TAP. E foi no ECO que leu, em primeira mão, a proposta de plano de recuperação económica de António Costa Silva.

O jornalismo faz-se, em primeiro lugar, de notícias. Isso exige investimento de capital dos acionistas, investimento comercial dos anunciantes, mas também de si, caro leitor. A sua contribuição individual é relevante.

De que forma pode contribuir para a sustentabilidade do ECO? Na homepage do ECO, em desktop, tem um botão de acesso à página de contribuições no canto superior direito. Se aceder ao site em mobile, abra a 'bolacha' e tem acesso imediato ao botão 'Contribua'. Ou no fim de cada notícia tem uma caixa com os passos a seguir. Contribuições de 5€, 10€, 20€ ou 50€ ou um valor à sua escolha a partir de 100 euros. É seguro, é simples e é rápido. A sua contribuição é bem-vinda.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

Team Genesis, da MLGTS, patrocina o Venture Summit

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião