MLGTS participa em mais uma edição do TechShare

O TechShare é um programa educacional pan-europeu da Euronext, criado para auxiliar empresas tecnológicas europeias de alto potencial a entender o papel do mercado de capitais.

O TechShare realizou, no passado dia 21 de setembro, em Paris, a sessão inaugural da sua quarta edição. O TechShare é um programa educacional pan-europeu da Euronext, criado para auxiliar empresas tecnológicas europeias de alto potencial a entender o papel do mercado de capitais.

A Morais Leitão, Galvão Teles, Soares da Silva & Associados (MLGTS) é, desde a primeira edição, o parceiro jurídico português do programa, ministrando sessões de formação às empresas participantes em Portugal.

Ao longo do ano letivo de 2018-2019, a Euronext prestará apoio às 135 empresas participantes através de sessões presenciais, com workshops técnicos e sessões de formação individuais, organizados pelos parceiros nos respetivos países de origem.

O total de 135 empresas participantes nesta edição representa, comparativamente com as 30 empresas em 2015, um aumento de quatro vezes em apenas três anos, repartidas atualmente por oito países europeus: Alemanha, Bélgica, Espanha, França, Holanda, Itália, Portugal e Suíça.

Para esta edição, a equipa da MLGTS inclui Eduardo Paulino e Maria Cortes Martins, da equipa de corporate e mercado de capitais, e Luís Roquette Geraldes, João Ventura e João Lima da Silva, membros da Team Genesis.

Contribua. A sua contribuição faz a diferença

Precisamos de si, caro leitor, e nunca precisamos tanto como hoje para cumprir a nossa missão. Que nos visite. Que leia as nossas notícias, que partilhe e comente, que sugira, que critique quando for caso disso. A contribuição dos leitores é essencial para preservar o maior dos valores, a independência, sem a qual não existe jornalismo livre, que escrutine, que informe, que seja útil.

A queda abrupta das receitas de publicidade por causa da pandemia do novo coronavírus e das suas consequências económicas torna a nossa capacidade de investimento em jornalismo de qualidade ainda mais exigente.

É por isso que vamos precisar também de si, caro leitor, para garantir que o ECO é económica e financeiramente sustentável e independente, condições para continuar a fazer jornalismo rigoroso, credível, útil à sua decisão.

De que forma? Contribua, e integre a Comunidade ECO. A sua contribuição faz a diferença,

Ao contribuir, está a apoiar o ECO e o jornalismo económico.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

MLGTS participa em mais uma edição do TechShare

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião