Medina quer vistos gold diferentes por região

  • ECO
  • 9 Outubro 2018

Presidente da câmara de Lisboa defende a necessidade de desenvolvimento de cada região com vistos flexíveis e adaptáveis.

O presidente da câmara de Lisboa quer manter os vistos gold mas… diferentes por cada região do país. De acordo com o autarca, os vistos devem adaptar-se e ser flexíves às necessidades de cada região, escreve esta terça-feira o Jornal de Negócios (acesso condicionado).

Por contribuírem para as rendas altas na capital, o autarca considera que devem ser revistos e que é necessário “encontrar uma fórmula que permita que sejam modulados”.

“O instrumento dos vistos gold foi criado quando o país vivia um determinado ciclo económico”, justifica Fernando Medina assumindo que, no caso da capital, Lisboa, “teve um papel importante do ponto de vista da atração de investimento“. No entanto, assegura o autarca, com o passar do tempo esse instrumento está a contribuir para a alta dos preços.

“Hoje as circunstâncias são bastante diferentes e portanto deve ser flexível, para poder continuar a servir Lisboa”, sugerindo uma fórmula “que permita que o instrumento seja modulado aos territórios”, tendo em conta as diferentes necessidades das distintas zonas do país.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Medina quer vistos gold diferentes por região

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião