Governo alivia cortes para pensionistas com 63 anos

  • Lusa e ECO
  • 11 Outubro 2018

A partir do próximo ano, quem se reformar com 63 anos de idade não vai ser alvo do corte de 14,5% do fator de sustentabilidade, garante o PCP.

A partir de janeiro, o fator de sustentabilidade será eliminado para quem se reformar com 63 anos, avança o PCP, esta quinta-feira. Em causa está a extinção de um corte que, atualmente, tira 14,5% às novas pensões antecipadas.

De acordo com líder parlamentar João Oliveira, a medida já está fechada e resultará na extinção da penalização de quem tem mais de 63 anos.

Além disso, adianta o comunista ao Jornal de Negócios, a fase do alívio dos cortes que eliminará o fator de sustentabilidade para quem tem mais de 60 anos entrará em vigor em 2020.

Por outro lado, José Soeiro, do Bloco de Esquerda, refere que as negociações ainda estão em curso. “Estamos a trabalhar para ter os melhores resultados. As duas fases que faltam devem entrar em vigor em 2019”, reforça, não dando por “fechada” a medida em causa.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Governo alivia cortes para pensionistas com 63 anos

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião