Segunda circular reabre circulação após acidente com camião

  • ECO e Lusa
  • 15 Outubro 2018

A segunda circular foi cortada nos dois sentidos na sequência de um acidente com um camião, cerca das 7h30, no sentido norte-sul. Entretanto, a circulação foi reaberta pelas 11h00.

Um acidente com um camião, esta manhã, cerca das 7h30, levou as autoridades a cortar o trânsito em ambos os sentidos na Segunda Circular, em Lisboa. O acidente, que envolveu um camião e várias outras viaturas, provocou vários feridos e aconteceu no sentido norte-sul.

O trânsito na Segunda Circular foi reaberto às 11h00. O condutor do camião foi transportado para a Divisão da PSP para prestar declarações, incorrendo num crime rodoviário, segundo explicou no local aos jornalistas o chefe Madaíl dos Santos, da PSP. O acidente envolveu nove veículos e causou três feridos, um dos quais grave.

Madaíl dos Santos contou que o camião, que transportava contentores de obra vazios, entrou em contramão na zona da Alta de Lisboa, tendo percorrido dois a três quilómetros em sentido contrário, provocando acidentes. O responsável explicou que o condutor do camião acabou por “ser imobilizado por um agente à civil que passava no local”.

“O agente travou o camião com a sua própria viatura. Desta manobra não resultaram danos nas viaturas, nem pessoas”, indicou.

No local estiveram elementos dos bombeiros, PSP e Instituto Nacional de Emergência médica. Pelas 7h45, o trânsito da segunda circular estava a ser desviado para a Rotunda do relógio, de acordo com a PSP, avança o Expresso.

(Notícia atualizada às 11h43 com mais informação)

Contribua. A sua contribuição faz a diferença

Precisamos de si, caro leitor, e nunca precisamos tanto como hoje para cumprir a nossa missão. Que nos visite. Que leia as nossas notícias, que partilhe e comente, que sugira, que critique quando for caso disso. A contribuição dos leitores é essencial para preservar o maior dos valores, a independência, sem a qual não existe jornalismo livre, que escrutine, que informe, que seja útil.

A queda abrupta das receitas de publicidade por causa da pandemia do novo coronavírus e das suas consequências económicas torna a nossa capacidade de investimento em jornalismo de qualidade ainda mais exigente.

É por isso que vamos precisar também de si, caro leitor, para garantir que o ECO é económica e financeiramente sustentável e independente, condições para continuar a fazer jornalismo rigoroso, credível, útil à sua decisão.

De que forma? Contribua, e integre a Comunidade ECO. A sua contribuição faz a diferença,

Ao contribuir, está a apoiar o ECO e o jornalismo económico.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

Segunda circular reabre circulação após acidente com camião

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião