“As empresas que não estão a aplicar a inteligência artificial aos seus negócios já estão fora do jogo”

Para a diretora geral da Microsoft Portugal, independentemente da área de negócio, as empresas têm neste momento uma enorme oportunidade para implementarem as tecnologias digitais.

Naquela que parece já ser a era da inteligência artificial (IA), as empresas que não estão a aplicar esta tecnologia aos seus negócios já “estão fora do jogo”. Quem o diz é Paula Panarra, diretora geral da Microsoft Portugal, que considera que a IA vem aumentar a capacidade do homem, trazendo otimização às operações e uma melhor relação com os clientes.

De acordo com as conclusões de um estudo da Microsoft Portugal sobre o estado da implementação destas tecnologias na economia em Portugal, que envolveu cerca de 22 empresas portuguesas, Paula Panarra diz que há ainda uma percentagem que não iniciou qualquer projeto que envolva esta tecnologia, 18% das empresas mais precisamente. Por outro lado, 50% estão em fase de plano e piloto e apenas um terço das empresas já têm um projeto de IA implementado.

“As áreas onde mais projetos estão a acontecer estão focadas nos produtos, na otimização de operações e naquilo que é a relação com o cliente”, afirma a diretora geral da Microsoft Portugal.

Empresas como a EDP, os CTT, o Crédito Agrícola e a Salsa — todas de setores diferentes — já utilizam as tecnologias digitais e, mais do que isso, estão a tirar partido da transformação digital.

Paula Panarra, diretora geral da Microsoft PortugalHenrique Casinhas / ECO

Nos CTT, as tecnologias possibilitam a antevisão da rota ideal para os carteiros seguirem. Já a Salsa, uma indústria completamente diferente, está a prever o futuro, antecipando aquilo que sabe serem as preferências dos consumidores. O Crédito Agrícola utiliza a tecnologia para, por exemplo, proceder à prevenção de fraude e, na EDP, uma empresa com uma grande base de clientes, o objetivo é estabelecer uma relação com os clientes, de modo a proporcionar-lhes um serviço melhorado.

Seja qual for a área de negócio, desde a energia, passando pelo retalho, entretenimento ou banca, “temos, neste momento, uma imensa oportunidade de implementação das tecnologias digitais em todos os setores”, refere Paula Panarra.

Comentários ({{ total }})

“As empresas que não estão a aplicar a inteligência artificial aos seus negócios já estão fora do jogo”

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião