Corticeira Amorim compra companhia agrícola por 5,5 milhões de euros

A aquisição da Corticeira Amorim visa desenvolver um projeto de intervenção florestal na "Herdade da Baliza". Este é o primeiro investimento do grupo numa propriedade florestal.

A Corticeira Amorim comprou a Cosabe – Companhia Silvo-Agrícola da Beira, por 5,5 milhões de euros, anunciou a empresa em comunicado enviado à CMVM. O negócio, que é o primeiro investimento do grupo em propriedade florestal, foi realizado através da sub-holding Amorim Florestal.

O principal ativo da companhia agrícola era a “Herdade da Baliza”, na zona de Castelo Branco, onde a Corticeira irá agora desenvolver um projeto de intervenção florestal. No âmbito deste projeto, que já está em curso, será desenvolvida uma plantação intensiva, para aumentar a densidade e a rapidez de crescimento de sobreiros. A Herdade tem uma área total de 2.866 hectares.

A iniciativa da empresa liderada por António Rios de Amorim tem como objetivo “assegurar a manutenção, preservação e valorização das florestas de sobro e, consequentemente, a produção contínua de cortiça de qualidade, desenvolvido em estreita parceria com produtores florestais, instituições de investigação e entidades políticas locais”, explicam em comunicado.

A Corticeira Amorim registou lucros de 41,2 milhões de euros no primeiro semestre deste ano, o que representou um aumento de 9,2% face ao período homólogo.

Comentários ({{ total }})

Corticeira Amorim compra companhia agrícola por 5,5 milhões de euros

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião