Inapa vai emitir 15 milhões em dívida para comprar empresa alemã

Oferta de obrigações convertíveis em ações será dirigida à Papyrus, à qual a Inapa pretende adquirir a Papyrus Deutschland.

A Inapa vai emitir 15 milhões de euros em obrigações convertíveis em ações no âmbito da compra da Papyrus Deutschland, sendo esta uma das propostas que vai à assembleia geral de acionistas que está agendada para 15 de novembro. No final, a Papyrus pode ficar com quase um quarto do capital da empresa portuguesa.

Esta oferta particular de subscrição dirige-se à Papyrus, dona da Papyrus Deutschland que a Inapa está a comprar. Vão, neste âmbito, ser emitidos títulos que correspondem a 23% de todo o capital da Inapa em caso de conversão total. Ou seja, a empresa alemã poderá tornar num dos maiores acionistas da cotada nacional. A Parpública tem, atualmente, 32,7% do capital, mas esta posição será diluída com a conversão da dívida em capital.

Por causa da emissão, a administração da Inapa vai propor um “aumento de capital da sociedade no montante e nas condições que vierem a ser necessários para satisfazer os pedidos de conversão”. Ou seja, a proposta prevê um aumento de capital dos 180 milhões para os 195 milhões, realizado em várias fases, consoante a transformação da dívida em capital.

Por estas obrigações a Inapa pretende pagar uma taxa de juro de 5%, prevendo-se um plano de amortização anual desde o terceiro ano até ao sétimo ano.

A Inapa anunciou esta quarta-feira a aquisição da Papyrus Deutschland, “que teve um volume de negócios de 561 milhões de euros em 2017”. O objetivo passa por juntar o negócio da Papyrus Deutschland com o negócio da sua subsidiária alemã, a Papier Union, que “teve um volume de negócios de 389 milhões de euros no mesmo período”.

A operação encontra-se sujeita à aprovação da Concorrência alemã, devendo ficar concluída em dezembro.

Comentários ({{ total }})

Inapa vai emitir 15 milhões em dívida para comprar empresa alemã

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião