Congelamento dos escalões de IRS tira 60 milhões aos contribuintes

  • ECO
  • 15 Novembro 2018

Ao não atualizar os limites superiores dos escalões de IRS os portugueses perdem poder de compra, devido ao aumento dos preços.

Se os escalões de IRS não forem atualizados em 2019 ao nível da inflação, o impacto no bolso dos contribuintes deverá rondar os 60 milhões de euros, de acordo com cálculos avançados pelo Jornal de Negócios (acesso pago).

A notícia surge numa altura em que a oposição e os partidos da esquerda têm criticado a proposta de Orçamento do Estado, por não atualizar os limites superiores dos escalões, o que significa que os portugueses perdem poder de compra devido ao aumento generalizado dos preços.

No entanto, neste aspeto, ainda não é certo que o documento saia da discussão na especialidade com a mesma forma com que foi concebido. Isto porque alguns partidos vão tentar forçar o ministério tutelado por Mário Centeno a atualizar os escalões. De acordo com o mesmo jornal, o CDS já prometeu apresentar uma proposta de alteração para reverter aquilo que a deputada Cecília Meireles considera ser um “aumento de impostos encapotado”.

Mas também o PCP tem uma proposta nesse sentido. Os comunistas pretendem que os patamares sejam alterados anualmente, de forma a garantir que o imposto não aumenta com os aumentos dos salários e das pensões previstos no Orçamento do Estado para 2019, o anulando ou minimizando o efeito das medidas.

Segundo o Jornal de Negócios, a aprovação desta medida está agora nas mãos do PSD, porque o Governo não a apoia, e dificilmente o PS o fará. Mas os social-democratas, que vão apresentar algumas propostas de alteração esta quinta-feira, ainda não definiram o sentido de voto em relação a esta matéria.

Apoie o jornalismo económico independente. Contribua

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso. O acesso às notícias do ECO é (ainda) livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo rigoroso e credível, mas não só. É continuar a informar apesar do confinamento, é continuar a escrutinar as decisões políticas quando tudo parece descontrolado.

Introduza um valor

Valor mínimo 5€. Após confirmação será gerada uma referência Multibanco.

Comentários ({{ total }})

Congelamento dos escalões de IRS tira 60 milhões aos contribuintes

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião