Garrigues assessora Grefusa na compra da Frutorra

A sociedade assessorou a empresa espanhola na compra de 70% do capital da portuguesa Frutorra, que opera na importação, transformação e distribuição de aperitivos, frutos e legumes secos.

A Garrigues assessorou a empresa espanhola Grefusa no processo de aquisição de 70% do capital da portuguesa Frutorra, numa transação que foi eleita pela Transactional Track Record como a “Transação do Mês de novembro de 2018”.

Fundada em 1988 e sediada em Degracias, na região de Coimbra, a Frutorra opera na importação, transformação e distribuição de aperitivos, frutos e legumes secos, sendo atualmente um dos principais players no mercado português.

A Grefusa é uma empresa espanhola, fundada em 1929 e sediada em Alzira, na região de Valência, que opera no mesmo ramo de atividade que a Frutorra e que, com esta transação, alarga a sua capacidade no mercado externo.

A equipa da Garrigues envolvida nesta transação foi liderada pela sócia Susana Pimenta de Sousa e pelo associado principal Pedro Lemos Carvalho, tendo contado ainda com a participação do counsel Luís Pinto Monteiro, do sócio Francisco Soler Caballero e do associado principal Enrique Colomer Selva (ambos do escritório da Garrigues em Valência), bem como com uma equipa multidisciplinar de advogados que esteve envolvida no processo de due diligence e de implementação da transação.

Comentários ({{ total }})

Garrigues assessora Grefusa na compra da Frutorra

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião